Você está em: Clikaki »   Educação » Biologia » A Floresta equatorial

A Floresta equatorial

Vegetação

A ultima parte do resumo sobre a vegetação equatorial

florestas-tropicais

No meio do Amazonas

A partir do curso médio do rio a selva se torna diferente, o solo fica mais firme; é comum encontrar nas margens e no alto das árvores, ninhos de vespas e formigueiros. Notam-se palmeiras constantemente: a pupunha, o açaí, a anijá, a jussara, a soveira. Quem se afasta do rio pelos inúmeros igarapés, canais naturais que formam ao lado do rio vê uma vegetação cada vez mais densa e bela: um verdadeiro mar de flores; parasitas as mais variadas; cipós que chegam atingir 100 m, formando um emaranhado que dificulta a caminhada, mas serve de escada e até de leito aos animais; ali eles fogem das águas enchentes que inundam o local. Nos galhos secos pousam urubus, araras, açôres, periquitos, numa festa barulhenta e multicolor, á qual se juntam macacos de todos os tipo; os parauaçis, os pequenos saguis, os cuxius, os cuatás, os barrigudos os pregos. Pelo chão, nos troncos de castanheiros, de sapucaia, de seringueira, de cedro desliza a jiboia.

tropical_humida002

Dois Quilômetros para cada um

Nessa região, que se estende do Atlântico ao Peru, a presença Humana ainda hoje é bastante precária. Não Ultrapassa 1 Habitante por Km². Existem apenas duas grandes cidades: Belém, na foz do rio, e manaus, na confluência do negro com o Amazonas. Os outros agrupamentos humanos são bastante reduzidos e situam-se  geralmente á margem dos cursos d’água quase os únicos caminhos possíveis na Hileia. A produção regional é principalmente extrativa (borracha, castanha, madeiras e minerais como manganês e o estanho). Contudo, em algumas regiões há plantações de juta, pimenta, etc. Há incentivos há pecuária. Um plano de industrialização baseado especialmente na pecuária, pesca e na extração foi posto em pratica há muito tempo e também lá é situado a zona franca de manaus onde muitas industrias se instalam pois não há imposto e onde o governo tenta aos poucos trazer civilidade.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas