Você está em: Clikaki »   Educação » Ciências » Albert Einstein e a Teoria da Relatividade Restrita e Geral

Albert Einstein e a Teoria da Relatividade Restrita e Geral

Teorias

Apesar de ser uma só teoria, ambas trazem suas propostas em tempos diferentes porem as duas diz que os movimentos do universo não são absolutos e sim relativos.

Será mesmo que as teorias que conhecemos hoje serão substituídas por outras, ou até mesmo por uma única que explique todos os fenômenos físicos de uma só vez? Isso seria bom, ou não?

Uma Teoria derruba a outra, porém Einstein foi o primeiro a incorporar a teoria da relatividade.

Neste primeiro momento falaremos principalmente sobre uma ideia que redefiniu a ciência, esclarecendo grandes mitos e desvendando mistérios, vamos viajar nas teorias da relatividade, originada das ideias de Einstein.

Todas as mudanças ocorridas nos últimos tempos devem-se aos estudos de longas datas onde vários cientistas e pesquisadores se interessaram em revolucionar o mundo. É de conhecimento geral que a tecnologia é a maior prova de que as teorias de grandes homens e mestre cada vez mais ganham espaço no mundo moderno.

Contexto histórico

Os princípios da relatividade surgiram ao longo do tempo com histórias da filosofia e da ciência moderna, essa teoria nos trouxe uma grande revolução, graças a Albert Einstein físico e pesquisador, nascido em UIm em 14 de março de 1879, morou em Munique, ainda jovem demonstrava curiosidades pela natureza além de ter capacidade de entender matemática. Faleceu em 1955. Sua teoria foi publicada em 1916 com duas outras teorias: Relatividade restrita e relatividade Geral.

Restrita ou especial: publicada em 1905 estuda fenômenos em relação a referencias inerciais.

1º postulado da relatividade; ”As leis da física são as mesmas em todos os sistemas de referência inercial”.

2º postulado da constância da velocidade da luz; “A velocidade da luz no vácuo tem o mesmo valor para qualquer referencial inercial, ou seja, c = 300 000 km/s”.

Geral: Desenvolvida em 1915, compreende fenômenos não inerciais.

Apesar de ser uma só teoria, ambas trazem suas propostas em tempos diferentes porem as duas diz que os movimentos do universo não são absolutos e sim relativos.

Essas teorias acabaram por substituir a lei da gravidade de Newton que julga que, “a gravidade é uma força invisível que atua a distancia, atraindo corpos celestes” já com Einstein, “o espaço é uma superfície emborrachada deformada pelo peso das estrelas atraindo astros para os cantos da depressão”.

E=m.c²

A teoria da relatividade espacial ainda com Einstein nos mostra na tão conhecida expressão uma maneira nova de conhecer matéria e energia.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas