Você está em: Clikaki »   Atualidades » Economia » As profissões mais bem pagas no Brasil

As profissões mais bem pagas no Brasil

Dinheirão

Ainda não decidiu o que vai fazer da vida? Ou está a procura de um emprego mais lucrativo? Então você está no lugar certo, confira aqui quais são as carreiras mais bem remunerados do país.

emprego-bem-pago

Infelizmente o salário no Brasil ainda não é tão bom como em outros países de primeiro mundo, e apesar do salário mínimo estar crescendo cada vez mais, ele ainda está muito longe do ideal. Em alguns países o salário mínimo ultrapassa os R$ 30.000, confira aqui quais são os países com os maiores salários mínimos do mundo.

Porém, se você está a procura de um trabalho bem remunerado aqui você terá que batalhar muito para conseguir uma vaga em algumas das profissões mais disputa do país, vale lembrar que são poucas vagas para muitos candidatos, então caso você acabe falhando não desista.

A pesquisa foi feita pelo portal Info com a ajuda de uma importante multinacional especializa na área de recrutamento, na lista estão as 30 profissões mais bem pagas no Brasil, confira elas aqui embaixo:

De R$ 6.000 a R$ 9.000

Analista de marketing de produto sênior: R$ 6,5 mil;

Analista de projetos logísticos sênior: R$ 7,2 mil;

Engenheiro de processos sênior: R$ 8,3 mil;

Engenharia de vendas sênior para a indústria: R$ 8,4 mil;

Profissional de produtos e categoria sênior: R$ 8,4 mil;

Analista de remuneração e benefícios sênior: R$ 8,5 mil;

Engenheiro de cálculos estruturais sênior: R$ 9 mil;

Analista-tributário sênior: R$ 9 mil.

De R$ 11.000 a R$ 26.000

Consultor SAP sênior: R$ 11 mil;

Gerente de logística: R$ 22 mil;

Gerente-jurídico de bancos: R$ 22 mil;

Superintendente comercial de seguros e resseguros: R$ 25 mil;

As profissões na área de tecnologia é uma das que mais crescem no Brasil.

As profissões na área de tecnologia são as que mais crescem no Brasil.

Business Partner sênior: R$ 25 mil;

Gerente regional de shopping centers: R$ 25 mil;

Gerente de comunicação e marketing: R$ 25 mil;

Gerente nacional de vendas de telecomunicações: R$ 25 mil;

Gerente-industrial: R$ 25 mil.

Gerente-executivo de tecnologia: R$ 26 mil;

De R$ 30.000 a R$ 35.000

Gerente-tributário sênior: R$ 30 mil;

Gerente de contratos de obras de infraestrutura: R$ 30 mil;

Controller regional: R$ 35 mil;

Diretor-tributário: R$ 35 mil;

De R$ 40.000 a R$ 50.000

Diretor-industrial: R$ 40 mil;

Diretor-jurídico de bancos: R$ 40 mil;

Diretor de recursos humanos: R$ 43 mil;

Os bancos também são um excelente opção para quem está a procura de um emprego.

Os bancos também são um excelente opção para quem está a procura de um emprego.

Diretor de negócios de obras de infraestrutura: R$ 45 mil;

Diretor de logística: R$ 50 mil;

Diretor-médico de hospitais: R$ 50 mil;

Diretor-comercial de telecomunicações: R$ 50 mil;

Diretor-técnico e de operações do mercado de tecnologia: R$ 50 mil;

Diretor-executivo do mercado de seguros e resseguros: R$ 50 mil;

Diretor-administrativo financeiro: R$ 50 mil;

Em primeiro lugar

Diretor-geral de operadoras de óleo e gás: R$ 60.000.

A área de petróleo é uma das que mais bem paga os seus funcionários no Brasil.

A área de petróleo é uma das que mais bem paga os seus funcionários no Brasil.

O profissional que exerce a função de diretor-geral de operadores de óleo e gás é responsável pela perfuração de poços de petróleo, o que exige um profundo conhecimento da área, além disso, ele também precisa ter bastante conhecimento sobre como o mercado funciona e um bom relacionamento com o governo.

Fonte: Info

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas