Você está em: Clikaki »   Variedades » Curiosidades » Como calcular os valores do financiamento de um veículo

Como calcular os valores do financiamento de um veículo

Ter um carro zero é o sonho de consumo de muitas pessoas. Para esse sonho se concretizar, a maioria recorre a financiamentos. omo calcular os valores do financiamento de um veículo?

financiamentoComo calcular os valores de um financiamento de um veículo

Ter um carro zero é o sonho de consumo de muitas pessoas. Para esse sonho se concretizar, a maioria recorre a financiamentos. Só que essa forma de pagamento pode dar uma dor de cabeça danada por causa dos juros altos.

Será que vale a pena entrar em um financiamento de um carro? Eu posso conseguir uma diminuição na parcela do veículo? Quando as financiadoras anunciam: “Taxa Zero”, será que é zero mesmo?

Os órgãos de defesa ao consumidor têm feito pesquisa nos sites das montadoras e tem descoberto que muitas delas têm feito apenas “jogadas de marketing”, ou seja, verdadeiras propagandas enganosas. Porque, quando se diz, “Taxa Zero”, tinha que ser absolutamente zero, mas as financiadoras não informam corretamente o Custo Efetivo Total (C.E.T) do financiamento de um veículo.

O CET é uma determinação de taxa de juros do Banco Central, que deve aparecer em qualquer informe publicitário específico e corresponde a despesas incidentes nas operações tanto de crédito, quanto de financiamento.

Na maioria dos comerciais de televisão, revistas e propagandas de internet, é colocado em letrinhas pequenas no rodapé do informe o Custo Efetivo Total, que na grande maioria das vezes não tem nada de “zero”.

O consumidor talvez desconheça o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que são alíquotas paga a receita federal.

O vídeo abaixo, explica como essas tarifas são cobradas em financiamentos. Depois de ver o vídeo, você vai entender o porquê das parcelas começarem baratinhas hoje e terminarem caras amanhã.

Como calcular o valor do IOF de um financiamento


Fonte do vídeo: Blog Suas Finanças Pessoais*

Quanto mais parcelas você resolver pagar um financiamento, mais caro ela terminará. E, se você acha que está pagando uma parcela abusiva de juros, pode ir na justiça tentar recalcular os valores e renegocia-los.

Se você reler o contrato, talvez encontre taxas como a de abertura de crédito que não são mais permitidas por lei. Ou talvez consiga diminuir as taxas de juros compostos para um mais simples.

Portanto, fique ligado nos seus direitos e descubra realmente o quanto você pagará ao final do financiamento. Leve todos informes publicitários que prometem valores mais baixos e cobre deles na hora da compra.

* MAIS: Aprenda,  a calcular as taxas de juros no excel e entenda mais sobre os cálculos do IOF no blog Suas Finanças Pessoais.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas