Você está em: Clikaki »   Variedades » Curiosidades » Como controlar estoques

Como controlar estoques

O controle de estoque surgiu para suprir uma necessidade das organizações de controlar melhor seus materiais, para que fosse possível controlar melhor tudo que se passava com os produtos.

Como controlar estoques

O CONTROLE DE ESTOQUES não é importante apenas para as empresas industriais, e sim para todo e qualquer tipo de empresa.

Origem dos estoques e da necessidade de realizar seu controle

A história geral tanto do surgimento de estoques inicia-se nos tempos do homem das cavernas. Pesquisas arqueológicas recentes localizaram fichas de barro que possivelmente foram usadas para controle de estoque a aproximadamente 8.000 AC. Daí se conclui que, já naqueles tempos, o homem se preocupava em ter o controle dos estoques dos seus bens.

“[…] Desde o início da sua história a humanidade tem usado estoques de variados recursos, de modo a suportar o seu desenvolvimento e sobrevivência, tais como ferramentas e alimentos […]”.

Mas o que são considerados estoques?

Os estoques referem-se às mercadorias, produtos finais ou inacabados e outros elementos na posse de um “agente econômico”. É bastante usado em vários ramos, mas mais precisamente no domínio da logística e da contabilidade.

Ou seja, estoque de uma empresa é todo bem físico produzido ou em fase de produção e os bens necessários para a produção, direta ou indiretamente, que são armazenados por um determinado espaço de tempo.

“[…] os estoques são materiais e suprimentos que uma empresa ou instituição mantém, seja para vender ou para fornecer insumos ou suprimentos para o processo de produção […]”.

Analisa-se então que financeiramente falando, os estoques também possuem importância acentuada a partir do momento que a empresa promove o giro desses estoques, o seu valor se transforma em dinheiro, o que vem a beneficiar o fluxo de caixa trazendo o retorno sobre o investimento.

Como é feito o controle de estoque

Antes de tudo é preciso definir algumas funções como:

1. Determinar o que deve permanecer em estoque;
2. Quando se devem reabastecer os estoques (período);
3. Quanto de estoque será necessário para um período predeterminado;
4. Acionar o departamento de compras para executar aquisição de estoque;
5. Receber produtos e/ou materiais;
6. Armazenar;
7. Atender os materiais estocados de acordo com as necessidades;
8. Controlar os estoques em termos de: Quantidades e valor;
9. Fornecer informações sobre a posição do estoque;
10. Manter inventários periódicos para avaliações das quantidades e estocados;
11. Identificar e retirar do estoque os itens obsoletos e danificados.

Tipos de estoques

Os estoques podem ser encontrados em várias maneiras algumas delas seria em forma de matérias primas, materiais em processo, materiais acabados entre outras.

Matérias – primas: São materiais necessários para a produção, é todo material que é agregado ao produto final. Toda empresa de algum modo tem um estoque de matéria-prima;

Materiais em processo: Que são os materiais usados no processo de fabricação dos produtos, geralmente esses materiais estão parcialmente acabados, mas adquire outras características no fim do processo produtivo;

Produtos acabados: São os itens já produzidos, mas ainda não comercializados;

Desta forma conclui-se que o controle de estoque surgiu para suprir uma necessidade das organizações de controlar melhor seus materiais, para que fosse possível controlar melhor tudo que se passava com os produtos, e materiais o prazo de cada um, a quantidade mantida em cada compartimento, ou seja, de forma simplificada nota-se que onde existir materiais é coerente que exista um controle de estoques.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas