Você está em: Clikaki »   Educação » Como é formada a atmosfera

Data de publicadaPublicado em Autor Por: Ricardo Peroto

Como é formada a atmosfera

A atmosfera é a camada de gases que envolve a Terra. Está em constante contato com a litosfera e é atraído pela forca de gravidade do planeta. É formado por gases como nitrogênio (78%) e oxigênio (21%) entre outros gazes.

Como é formada a atmosfera

A ATMOSFERA É a camada de gases que envolve a Terra. Está em constante contato com a litosfera e é atraído pela forca de gravidade do planeta. É formado por gases como nitrogênio (78%) e oxigênio (21%) entre outros gazes.

Para efeito de estudo, a atmosfera pode ser dividida em três camadas:

- Troposfera: Camada em contato com a crosta, formada por gases pesados como o oxigênio; Estende-se até 12 km de altitude.

- Estratosfera: Com espessura entre 12 e 80 km de altitude; A aproximadamente de 50 km esta a camada de ozônio, responsável pela retenção dos raios ultravioletas emitidos pelo sol e prejudicais as espécies da Terra.

- Ionosfera: Além de 80 km, formada por gases ionizados.

Tempo e Clima

O clima é o responsável por todas as variações da condição atmosférica.

Tempo atmosférico é um estado momentâneo e transitório da condição da atmosfera, podendo variar de maneira pouco previsível em curtos intervalos de tempo cronológicos.

Clima é a sucessão habitual e previsível dos tipos de tempo atmosférico, seguindo uma certa lógica e padrões estabelecidos após 30 anos de estudos diários e ininterruptos.

Os elementos do clima

Uma serie de fatores influenciam a condição climática de determinado local:

Temperatura é a quantidade de calor do sol absorvida pela crosta terrestre e liberada pela atmosfera (processo de irradiação). A temperatura varia de acordo com a latitude e altitude.

- Latitude: Conforme a latitude aumenta, a temperatura diminui. Isso ocorre por que a incidência de raios solares nas altas latitudes é muito inclinada.

- Altitude: A temperatura diminui a medida que a altitude aumenta, porque a atmosfera é aquecida pelo processo de irradiação e a energia irradiada não atinge grandes altitudes. Em média, a cada 200 metros de altitude a temperatura cai 1° C.

As temperaturas mais extremas já registradas na Terra são: 56° C no deserto da Líbia (Saara) na África e -88,3° C na base russa em Vostok na Antártida.

Pressão atmosférica

A pressão atmosférica é a força que o ar atmosférico exerce sobre os corpos da superfície da Terra. A pressão varia de acordo com a altitude e de acordo com a temperatura. A única situação em que temos ar frio de baixa pressão é nas elevadas altitudes. A pressão atmosférica é baixa porque a coluna de ar é menor e a temperatura é baixa por causa da pouca irradiação de calor.

Umidade do ar e as chuvas

A umidade do ar é a quantidade de vapor da água que pode haver no ar ela varia de acordo com a temperatura; Quanto maior a temperatura do ar, maior a evaporação da água e consequentemente a umidade do ar.

O vapor da água entra em suspensão na atmosfera e eleva-se até alcançar as camadas de ar frio, onde se condensa e forma nuvens. Quando a nuvem ganha altitude perde a temperatura e a capacidade de reter água, causando as chuvas.

As chuvas estão distribuídas de forma desigual no planeta, que apresenta a pluviosidade média de 900 mm. Fatores como latitude, distância do oceano, relevo e correntes marinhas determinam sua distribuição.

Chuvas

As chuvas é a única forma natural de a água voltar para os continentes. Podem ser de três tipos:

- Chuvas orográficas ou de relevo: Ocorrem quando uma nuvem colide com um obstáculo de relevo, como uma serra ou uma montanha, ganha altitude e causa chuvas.

- Chuvas de convecção: Ocorrem em áreas de clima quente e úmido, onde a evaporação de água é constante. O ar quente encontra camadas de ar frio, condensa-se e forma nuvens, que geram precipitações.

- Chuvas frontais: Ocorrem quando uma frente fria encontra uma massa de ar quente (e úmida).  A alta pressão da frente fria faz com que esta entre por baixo da massa de ar quente que sobe, perde temperaturas e causa precipitação.

Ventos

Os ventos são porções de ar em movimento que são causados pelo movimento de rotação da Terra ou pela diferença de temperatura dos continentes e oceanos que geram constantes trocas de ar quente e frio.

Massas de Ar

São porções da atmosfera que carregam características do local onde foram criadas. Exemplo: massas de ar polar são frias e secas; massas de ar equatorial são quentes e úmidas.

Zonas climáticas

As zonas climáticas são faixas latitudinais que determinam características comuns de clima. Dentro da mesma faixa existem as seguintes zonas climáticas:

- Zona tropical ou intertropical: corresponde à zona entre os trópicos de câncer e capricórnio, compreendendo também a linha do equador. Nessa zona ocorrem os climas tropicais e equatoriais, com elevadas temperaturas médias e pluviosidade concentradas nas estações quentes. A temperatura média anual varia em torno de 20 a 25°C e a pluviosidade é superior a 2.500mm anuais.

-Zonas Temperadas: ocorrem entre os trópicos e os círculos polares subtropicais, temperados e subpolares, com quatro estações bem definidas durante o ano, invernos rigorosos e verões brandos com chuvas bem distribuídas. A temperatura média anual varia em torno de 10 a 20º C e a pluviosidade entre 1.500 e 2.000mm anuais.

-Zonas Polares: ocorrem nas latitudes superiores aos círculos polares nos hemisférios norte e sul, onde atuam os climas polares, caracterizados por um longo período escuro, de aproximadamente 6 meses e verão claro com aumento de temperatura, diminuição da pressão e 3 meses de constante isolação. A temperatura média anual é inferior a 10º C e a pluviosidade é menor que 500 mm anuais.

A vida na Terra só é possível pela existência de atmosfera que tem capacidade de regular a temperatura do planeta, diminuindo muito a amplitude térmica. Esse fenômeno é chamado efeito estufa (como em uma estufa de plantas, o calor entra junto com a luz solar e fica presa pelas placas de vidro, causando o aumento da temperatura interna) e ocorre por causa da presença do dióxido de carbono na atmosfera. Em áreas muito industrializadas o alto percentual de dióxido de carbono causa o aumento local da temperatura.

A precipitação de chuva ou neve depende da temperatura atmosférica. Com temperatura maior que 0º C ocorre a chuva. Abaixo de 0º C, neve.

Avalie e compartilhe este artigo:

Como é formada a atmosfera
2 votos, média de votos: 5.00 (pontuação: 97%)
publicidade

Comentários

Camilly Raquel comentou:

Amei !! Me ajudou bastante, pois tenho que fazer um para casa e ajudou muuuuito mesmo !!! Valeu… ♥

Responder
josé carlos costa gomes comentou:

Só tenho a dizer que esse site,é 10 muito bom.

Para quem estuda então é muito rico em informação.

ssobre ATMOSFERA.

Responder
marcelle comentou:

Muito bom, adorei agora eu sei como do que a atmosfera é formada!!! Adorei mesmo nunca gostei de um site assim sempre fica faltando alguma coisa mais esse site é exemplar pra qualquer outro site vocês estão de parabéns!

Responder

Deixe o seu comentário

Feitos impressionantes das impressoras 3D

Mascotes do Rio 2016 são batizados de Vinicius e Tom

Pisca Pisca de Natal criativos

Por que a gripe é tão contagiosa?

Como acabar com os gases intestinais

Anuncie no site | Google + | Direitos Autoriais | Políticas de privacidade |