Você está em: Clikaki »   Variedades » Dicas » Como ensinar seu filho a usar internet com segurança

Como ensinar seu filho a usar internet com segurança

Filhos

Mais do que monitorá-los é importante ensinar aos filhos como usar a internet de um bom modo.

Proteja seu filho na internet

Proteja seu filho na internet

Um desafio

Está cada vez mais comum, ouvirmos ou lermos notícias sobre cyberbullies, predadores sexuais e ladrões de identidade na internet. Ao se deparar com isso, é obvio ficar preocupado: seu filho adolescente fica bastante tempo conectado e parece que não se dá conta dos perigos. Mas você pode sim, ensinar seu filho a usar a internet com segurança. Primeiro você precisa estar atento ao que acontece on-line.

É importante saber

É possível acessar a internet de várias formas. É recomendado deixar o computador numa área de maior movimento da casa, porém, com tantas tecnologias hoje, como tablet ou smartphone, é muito fácil seu filho acessar a internet sem sua supervisão.

Alguns adolescentes passam tempo de mais na internet. “Sempre entro com a intenção de dar só uma olhadinha nos meus e-mails e facebook. Sem que eu perceba, já se foram horas” admite uma jovem de 18 anos. “Ás vezes, chego a me irritar com isso.”

Crianças e adolescentes, podem sem querer, revelar on-line, coisas que não deveriam. Nesse mundo em que vivemos, o que não falta são pessoas mal – intencionadas. Elas podem aproveitar de fotos, comentários e postagens, para descobrir coisas particulares desses jovens, como por exemplo, onde estudam, onde moram e quando não há pessoas na casa.

Alguns jovens não entendem a gravidade do problema que pode dar ao postar informações. O que é postado na internet, fica pra sempre nela. Pode acontecer, de uma empresa estar analisando o histórico de um candidato a uma vaga de trabalho, e descobrir fotos e comentários constrangedores. Isso com certeza prejudicaria o candidato. Apesar dos perigos envolvidos, é importante ressaltar: a internet não é nossa inimiga. O problema está no mau uso dela.

O que você pode fazer

Ensine seu filho a estabelecer prioridades e organizar seu tempo para usá-lo bem. Um adulto responsável, precisa saber pôr as coisas mais importantes em primeiro lugar. Os estudos, a comunicação com a família e as tarefas domésticas são mais importantes do que ficar na internet. Então, pra que seu filho não passe tempo de mais navegando, estabeleça limite de tempo. Ajude seu filho a pensar em sua moral, e não apenas nas regras. Sabemos que não podemos vigiar o filho 24 horas por dia. Aliás, os pais, não tem isso como objetivo, mas sim, ensinar como raciocinar no que é certo ou errado. Então, ao invés de sempre ditar regras e pôr castigos, apele para a consciência de seu filho.

Faça-o pensar, que tipo de reputação ele quer ter. Pelo o que ele quer ser reconhecido. Fazendo isso, irá ajudá-lo a tomar boas decisões, mesmo quando não estiver por perto. Você sabe que para dirigir um carro com segurança não basta ter apenas habilidade; é preciso ser ajuizado.

Isso se aplica também a navegar na internet. Por isso, sua orientação como pai ou mãe é fundamental. É como disse a especialista em segurança na internet Parry Aftab: “Os filhos sabem mais sobre tecnologia. Os pais sabem mais sobre a vida.”

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas