Você está em: Clikaki »   Variedades » Curiosidades » Como se formam as auroras boreal e austral

Como se formam as auroras boreal e austral

Beleza natural

Mesmo que nunca tenha visto pessoalmente você provavelmente já deve ter visto a foto de uma aurora boreal, mas sabe como ela se forma?

Vista da Terra, é uma visão de sonho!

Vista da Terra, é uma visão de sonho!

Para entender como as auroras são formadas, precisamos entender o papel que o Sol exerce para que ocorra esse efeito maravilhoso aqui na Terra. O Sol é a luz de nossas vidas! Ele brilha sobre o universo todo com uma força de cerca de 400 trilhões de trilhões de watts de potência.

A cada segundo, o Sol converte quatro milhões de toneladas de sua massa em energia. Emite calor, mas também raios x e ondas de radio. Enquanto o hidrogênio é transformado em hélio e as erupções de gás são lançadas ao espaço, o Sol emite também algo mais difuso: o Vento Solar – uma corrente contínua de partículas eletrizadas.

Essas partículas precisam de quatro dias para chegar a Terra, mas jamais toca a sua superfície. Somos protegidos por um campo magnético, a magnetosfera, uma grande bolha que desvia o Vento Solar como a proa de um navio. Normalmente o vento sopra a mais de 400km/s, podendo chegar até 800km/s, uma verdadeira tempestade. É impressionante a força da magnetosfera!

Vento Solar atingindo a magnetosfera

Vento Solar atingindo a magnetosfera

Na Terra, as partículas provocam as “tempestades geomagnéticas” que são capazes de danificar nossas linhas de alta tensão (as redes de fios elétricos) escurecendo nossas cidades por completo! Também são capazes de desorientar os satélites.

Em meio a enormes erupções solares, o Sol emite uma corrente mais regular de partículas eletrizadas, elas só se aproximam da Terra na altura dos polos, onde as linhas de força magnética as canalizam em direção ao nosso planeta. Isso é o que produz a luz das auroras boreais do Polo Norte e as auroras austrais no Polo Sul.

A aurora boreal aparece no Polo Norte, enquanto a aurora austral no Polo Sul

A aurora boreal aparece no Polo Norte, enquanto a aurora austral no Polo Sul

Em uma aurora, pode-se observar o efeito das partículas eletrizadas caindo em espiral ao longo das linhas de ondas magnéticas. Elas entram em colisão com os átomos de hidrogênio e nitrogênio e já que sua intensidade varia, a cor também varia.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas