Você está em: Clikaki »   Variedades » Dicas » Devo me divorciar ou não?

Devo me divorciar ou não?

Relacionamento

Apesar da mídia atual mostrar que o casamento é uma coisa passageira e que se divorciar é sinônimo de felicidade, não é bem assim que acontece no mundo real, por isso pense muito bem na sua decisão.

O casamento é coisa série e deve ser algo muito bem pensado.

O casamento é coisa séria e deve ser algo muito bem pensado.

Muitos problemas e poucas soluções é assim que muitos descrevem à vida de casado quando não encontram mais acordos e decidem se separar. De acordo com os mesmos durante o casamento, eles só tiveram expectativas frustradas resultam em desapontamento e geram conflitos. Porém, se você está com o mesmo pensamento é importante que você saiba que o divorcio talvez acabe com alguns problemas, mas ele pode desencadear outros muito mais graves. Por isso o indicado é que mesmo quando há problemas difíceis o casal fará bem em não se divorciar precipitadamente. Descubra por que.

Tome medidas praticas

Infelizmente a mídia hoje promove uma imagem falsa de que se divorciar é sempre um acerto para a felicidade, mas uma pesquisa revelou que a cada cinco casamentos terminados quatro deles acabam voltando atrás na decisão, e três anos depois do ocorrido eles se consideram bem casados.

Na verdade muitos especialistas mostram que o divorcio não diminui os sintomas da depressão e nem aumentam a autoestima. Por isso a ideia de felicidade plena quando se divorcia pode ser um mito criado por casais maus sucedidos que desejam que você acabe caindo nessa furada também. A maioria dos casais que pensam em se separar dizem que o amor acaba e, que todo ele foi substituto por raiva e ódio, se você também acha a mesma coisa, saiba o que fazer.

Tenha muita cautela na hora de resolver um problema no seu casamento.

Tenha muita cautela na hora de resolver um problema no seu casamento.

O que você pode fazer

Não permita que sentimentos negativos afetem suas escolhas. Em vez disso achegue-se a pessoas que levam o casamento a sério e são felizes, peça conselhos a elas e repense sobre suas decisões. Se tiver filhos procure lembrar-se sempre neles, pois muitos deles podem acabar sentindo muito a separação dos pais. Por isso não permita que pequenos problemas façam você tomar uma decisão precipitada.

Com certeza ainda existe amor na sua relação, afinal você não foi forçada a se casar com seu parceiro (a), concentre-se nas qualidades e se lembre dos motivos pelo qual um dia você desejou estar com essa pessoa. Perdoar e demonstrar empatia podem ser muito úteis nesse sentido. Nada é mais bonito do que uma família unida. Pense nisso.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas