Dicas que tornarão seu currículo mais atraente

Gostou? Seja +1!

Categoria: Dicas
Postado em:
Home » Dicas » Dicas que tornarão seu currículo mais atraente





curriculo1

Para quem está buscando emprego, um bom currículo é sempre a porta de entrada às oportunidades. Mas como fazer um? Quais as informações necessárias? Para começar, vamos entender melhor o que é um currículo. Resumidamente, é um documento solicitado por empresas no qual se preenche de forma clara e objetiva informações sobre escolaridade e experiências profissionais específicas do candidato à vaga em questão. Para se destacar, preste atenção nas dicas que seguem.

INOVE NO MODELO

Para que seu currículo não passe despercebido em relação aos dos outros candidatos à vaga que pretende ocupar, é necessário ficar atento ao modelo de currículo que vai escolher. Não se atenha a modelos batidos e ultrapassados. Assim, seu currículo terá um atrativo a mais, que chamará a atenção antes mesmo de ser lido.

PREENCHIMENTO

1. Dados pessoais – Nome, telefone, data de nascimento, CPF, RG, estado civil e e-mail, são as informações básicas que não podem faltar. Fique atento ainda às exigências da empresa, pois algumas podem solicitar também outras informações.

2. Perfil profissional – Deve-se atentar bastante a este item, que é a etapa mais importante do currículo. Escreva, resumidamente, um pouco sobre sua experiência, condição e objetivos profissionais. Se procura emprego numa cidade que não é a qual reside, explique isso nesta seção. Por exemplo: Estudante de arquitetura, atualmente reside em SP e possui experiência na área de projeção. Procura oportunidade na área de comunicação visual em Brasília. Observe que a seção é escrita em 3ª pessoa.

3. Escolaridade – Se for um candidato de 2º grau, coloque a escola frequentada. Mas se for de ensino superior, foque na graduação, nome da instituição, curso, data de início e término ou previsão de conclusão caso ainda esteja cursando. Nesta seção consta também pós-graduação e mestrado, por exemplo, se houver.

4. Experiência profissional – É aqui que deve estar suas experiências anteriores: empresa, cargo, atividade e estágios. Descreva o que fazia, suas responsabilidades e turnos de trabalho. Coloque o tempo que trabalhou em anos ou meses, para ser mais preciso. Atividades que não tenham relação com o cargo desejado, não são necessárias.

5. Formação complementar – Cursos de curta duração, idiomas [nesse caso, pode-se criar um tópico a parte constando o tempo que fala determinado(s) idioma(s)], carga horária e ano de realização. Especifique o nível como básico, intermediário ou avançado e instituição de realização.

6. Conhecimentos completares – conhecimentos de informática, manuseio de máquinas ou outras informações relevantes.

DICAS IMPORTANTES

Escrita: fique atento com possíveis erros de português, estes são inaceitáveis;

Organização: informações bem posicionadas, para fácil compreensão;

Objetividade: evite ultrapassar duas páginas de currículo ou provavelmente não será lido inteiro, seja direto;

Impessoalidade: não coloque características pessoais do tipo “comunicativo, bom relacionamento, aprende rápido”. Posteriormente, numa possível entrevista essas características podem interessar, no currículo não;

Sinceridade: nunca invente habilidades que não tem.

Anotou? Então boa sorte.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes