Energéticos fazem mal a saúde?

Gostou? Seja +1!

Categoria: Alimentação
Postado em:
Home » Alimentação » Energéticos fazem mal a saúde?





Os energéticos são utilizados principalmente por adolescentes, jovens e atletas

Os energéticos são utilizados principalmente por adolescentes, jovens e atletas

Uma bebida utilizada normalmente por adolescentes, jovens e atletas pode se tornar uma vilã da saúde, se consumida exageradamente e desnecessariamente: o energético. Os jovens utilizam para aguentar horas de festa numa balada e os atletas para ter disposição e tirar o máximo da sua capacidade física. Mas será que eles sabem dos perigos de ingerir essa bebida?

Os efeitos que o energético causa no corpo de quem bebe são quase imediatos. Antes de uma corrida, por exemplo, um atleta pode tomar um energético e se sentir muito mais disposto, com passos mais largos e resistência física para dar tudo de si naquela atividade. Porém, o perigoso é que a bebida estimula tanto o corpo, que é bem capaz da pessoa passar dos limites na carga de exercício, o que faz muito mal para a saúde.

A grande responsável disso é a cafeína presente nos energéticos. O corpo até pede para ele parar naquele momento, mas o efeito da cafeína prolonga essa parada, então ele contínua correndo, continua fazendo os seus exercícios, prejudicando sua própria saúde sem perceber. É que além da cafeína, a taurina e a vitamina de complexo B também estão presentes num energético. Eles agem no sistema nervoso central. Na hora, vem logo à disposição, o sono diminui e os batimentos cardíacos aumentam.

A cafeína presente nos energéticos podem causar problemas na nossa saúde

A cafeína presente nos energéticos podem causar problemas na nossa saúde

Se misturado com bebidas alcoólicas, o energético mascara o efeito da embriaguez, instigando a pessoa a beber mais ainda. As consequências de um uso descontrolado e exagerado do energético aparecem a longo prazo: pode levar ao surgimento de úlceras e de gastrite, para aquelas pessoas que tem uma sensibilidade a cafeína.

Aquelas pessoas que já tiveram um taquicardia, sofre de oscilações de pressão, ou os próprios hipertensos, não devem utilizar demasiadamente essas bebidas porque elas levam a um compretimento da musculatura cardíaca.