Você está em: Clikaki »   Educação » Expansão territorial do Brasil

Expansão territorial do Brasil

No inicio da colonização foram povoadas as regiões próximas do litoral, criadas as vilas, as cidades, as primeiras explorações do pau-brasil e posteriormente o cultivo de cana-de-açúcar e a introdução das primeiras cabeças de gado.

No inicio da colonização foram povoadas as regiões próximas do litoral, criadas as vilas, as cidades, as primeiras explorações do pau-brasil e posteriormente o cultivo de cana-de-açúcar e a introdução das primeiras cabeças de gado. Passado algum tempo, os colonizadores iniciaram a exploração no interior do território brasileiro, para a expansão dos seus negócios.

Entradas

Para explorar o interior, foram organizadas expedições oficiais. As entradas partiam do litoral com a finalidade de expandir as terras, aprisionar índios e escravizá-los e ainda descobrir minas de metais e pedras preciosas

Bandeiras

As bandeiras eram expedições não oficias, geralmente organizadas por fazendeiros, comerciantes, entre outros, que saiam de São Paulo e localidades vizinhas em busca de índios, de metais e de pedras preciosas. Eram grupos formados por colonos, mestiços, negros, índios, mulheres, crianças e padres, que recebiam o nome de bandeirantes.

Ao contrário do que ocorria nas entradas, nas bandeiras não havia respeito ao limite do Tratado de Tordesilhas, e foram atingidas terras de domínio espanhol. Os bandeirantes, em algumas missões, chegavam a ficar vários anos acampados em uma região. As bandeiras, de acordo com suas finalidades, podiam ser classificadas em:

Bandeiras de caça ao índio (século XVII)

Objetivo: caçar índios e vende-los aos engenhos de açúcar.

Bandeiras do ouro e do diamante (séculos XVII-XVIII)

Objetivo: procurar minas de metais e pedras preciosas.

Bandeiras de sertanismo de contrato

Objetivo: contratadas pelo governo para resgatar os índios que fugiam, combater e ameaça dos indígenas rebeldes os quilombos.

A planície Amazônica

Por causa da distancia dos principais centros econômicos como Pernambuco e Bahia, a região amazônica ficou abandonada. Por volta do século XVII, quando as expedições chegaram ao Rio Amazonas, essa região vinha sendo explorada por franceses, irlandeses, ingleses e holandeses, que contrabandeavam cacau, guaraná, castanha, pimenta e madeira. Foi então promovida a expulsão dos invasores. Durante muito tempo, os jesuítas doutrinaram os índios e exploraram essa região, obtendo grandes lucros.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas