Você está em: Clikaki »   Variedades » Dicas » Fluxo de caixa básico

Fluxo de caixa básico

Ter um controle efetivo sobre aquilo que se tem a pagar e aquilo que se tem a receber é fundamental para o bom andamento do negócio

Fluxo de caixa básico

Tudo que se passa em qualquer empresa comercial se resume em entrada e saída de dinheiro. Por isso, ter um controle efetivo sobre aquilo que se tem a pagar e aquilo que se tem a receber é fundamental para o bom andamento do negócio. Esse bom controle do dinheiro também ajudará o empreendedor na tomada de decisões.

Para isso, o empresário pode contar com uma ferramenta chamada: “Fluxo de caixa”.

Esse relatório deve contar cinco itens básicos:

Saldo inicial do caixa é o dinheiro que você tem guardado e disponível para o saque.
Entradas de caixa são todas as vendas feitas à vista, além de outros recebimentos do dia, como por exemplo, pré datados, duplicatas, etc…
Saída de caixa são todos os pagamentos, incluindo até mesmo as contas de água e luz.
Saldo Operacional é o valor das Entradas de caixa menos os valores de Saída de caixa em determinada data. Aí é só somar o Saldo Inicial com o saldo Operacional e chegaremos ao Saldo Final do Caixa.

Fluxo de caixa básico

O Saldo Final do Caixa lhe informará a real falta ou sobra de dinheiro naquele período de tempo.

Porque é importante fazer o fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é importante tanto para o controle, quanto para o planejamento. O controle lhe permite saber de onde veio todo o dinheiro investido na empresa e para onde esse dinheiro foi parar.

Com o “controle nas mãos”, o empreendedor saberá quanto ele pode investir, planejando se aquele dinheiro será o suficiente para quitar as dívidas dos pagamentos que estão agendados.

Para se manter regrado, qualquer movimento no caixa deve ser atualizado no fluxo naquele mesmo momento. E não precisa de nada muito sofisticado não, um bem e velho caderninho de anotações já é o suficiente para marcar toda a movimentação. Nada impede que você faça um fluxo de caixa para a sua empresa.

Se a sua empresa não possui um fluxo de caixa, comece o quanto antes. O fluxo de caixa vai se aperfeiçoando a medida que ela vai sendo utilizada. E lembre-se sempre: mais do que comemorar as vendas, deve-se comemorar o RECEBIMENTO, principalmente na data correta.

Usando bem a ferramenta de fluxo de caixa, o empresário conseguirá pagar as suas contas em dia, ter um maior capital de giro e acaba conseguindo preços especiais com os seus fornecedores. O que pode significar um ótimo aumento na margem de lucro!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas