Você está em: Clikaki »   Educação » História » O estado do Vaticano

O estado do Vaticano

História

Uma pequena nação de apenas uma cidade dentro de Roma que se estende pelo mundo inteiro

v

Muito se fala sobre as grandes conspirações da igreja católica e que o estado do Vaticano vai destruir o mundo com uma grande arma de raio lazer que os padres estão pesquisando em sua biblioteca inacessível.

Porem vamos hoje analisar um resumo sobre este pequeno estado  em uma visão histórica de modo geral.

O vaticano sede oficial da igreja católica apostólica Romana, é o menos Estado independente do mundo, uma Estado ou uma nação inteira dentro de apenas uma cidade que por sua vez está dentro de uma cidade Roma. A primeira basílica seu centro espiritual foi construída no século IV, por ordem do imperador Constantino, que se convertera ao cristianismo. Houve uma época em que o Vaticano ficou quase todo abandonado pois os papas residiam em Avignon, na França. A sede do papado voltou a seu local de origem só em 1377, com Gregório XI: então inicia-se sua ampliação e se enriquece suas dependências com obras de artistas famosos. No século XV, a Basílica de Constantino ameaça ruir e o papa Nicolau V manda fazer uma nova, a de São pedro, abrangendo, além da área da antiga catedral, a de um circo que o imperador Calígula fizera construir nos primeiros anos da era cristã. Na idade média os papas governavam não só o vaticano mas toda a cidade de Roma da qual  o vaticano já fazia parte e boa porção da Itália. Chamou-se a região os estados pontifícios. Mas nos tempos modernos houve a disputa entre o poder da igreja e do estado. E em 1871, quando a Itália completava sua unificação política, uma lei suspendeu o território papal alem do território do vaticano propriamente dito. Na ocasião, a igreja não aceitou essa imposição e o papa passou a considerar-se “prisioneiro do Vaticano”. A questão só seria resolvida em 1929 pelo tratado de Latrão, assinado pelo DULCE da Itália Benito Mussolini e o papa Pio XI segundo o qual firmaram o e status político e a inviolabilidade territorial do Vaticano, entre outros termos definia também a Neutralidade politica e militar do papa. Este exerce poderes absoluto em seu estado, sendo que deixa o executivo ao governador civil.

large

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas