Você está em: Clikaki »   Variedades » Curiosidades » O poder da internet na política e na economia

O poder da internet na política e na economia

Como a Internet consegue mudar a economia e a política? Sites como o Wikipédia e o Twitter, levam inovações na maneira de atuar politicamente e de criar riquezas no mundo

Como a Internet consegue mudar a economia e a política? Sites como o Wikipédia e o Twitter, levam inovações na maneira de atuar politicamente e de criar riquezas no mundo

No meio do ano de 2009, milhares de manifestantes ocuparam as ruas de Teerã, a capital do Irã. Eles protestavam contra a confirmação da reeleição de Mahmoud Ahmadinejad à presidência do Irã, com 63% dos votos, e acusavam o resultado das eleições de fraudulento. A manifestação contra o governo foi considerada a maior nestes 30 anos do regime dos aiatolás. A contestação do resultado do pleito levou o governo a impor um blecaute informativo. Mensagens de texto por celular foram bloqueadas, assim como diversos sites da internet. O aiatolá Ali Khamenei, líder supremo político e religioso do país, que controla as Forças Armadas, a mídia e a Justiça, pediu à imprensa e aos opositores dos resultados oficiais que usassem apenas “vias legais” para divulgar os acontecimentos que sucederam as eleições.

Após o bloqueio do sistema de mensagens de celular e a censura de diversos sites, entre eles redes sociais como o Facebook e o Orkut, o microblog Twitter passou a ser a principal ferramenta de comunicação dos iranianos para mostras ao mundo a repressão às manifestações de rua contrárias à reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad. Tags como “Iranians” (iranianos), “#iranelection” (eleições no irã) e “Tehran” (Teerã) estavam entre os mais comentados no Twitter.

A internet como ferramenta politica também foi utilizada durante a campanha de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos. A web foi usada para levantar dinheiro, organizar comícios e compartilhar informações. A utilização das redes sociais pelos jovens durante a campanha elevou a participação desse segmento nas eleições, o que foi fundamenta para Obama, e marcou o inicio de uma militância politica apoiada em ferramentas virtuais de comunicação que aliam interatividade e rapidez na divulgação dos dados.

O Twitter é ao mesmo tempo uma rede social e servidor para microbloging. Com a utilização da web ou do SMS (serviço disponível em telefones celulares) , os usuários podem enviar mensagens curtas de até 140 caracteres, conhecidos como “tweets”, ou ler atualizações pessoais de outros contatos em tempo real. Em maio de 2009, a Sysomos, empresa de pesquisa de mídia social, analisou mais de 11,5 milhões de contas e constatou que a maior concentração de usuários do Twitter está nos Estados Unidos, seguida das do Reino Unido, Canadá, Austrália e Brasil.

O numero de usuários dos conteúdos produzidos (blogs: redes sociais, como o Facebook e o MySpace; microbloging, como o Twitter; wikis; marcadores colaborativos; noticias ; podcast e sites de vídeos compartilhados, como o YouTube) cresce sem precedentes. Mais de meio bilhão de indivíduos usam esses sites colaborativos no mundo inteiro. O Wikipédia, enciclopédia livre criada em 2001, é um exemplo emblemático de site colaborativo. Como resultado, isso tem provocado mudanças nas formas que as pessoas utilizam para escolher produtos, obter informações e emitir opiniões.

O processamento em tempo real desse volume de informações também tem sido usado por empresas como estratégia de negócios. Por exemplo, executivos e analistas recorrem a esses sites colaborativos não só para atualizar informações quanto às vendas realizadas em diferentes regiões como também para conhecer o nível de satisfação dos consumidores sobre determinados produtos. No Brasil, um quarto dos microblog mais seguidos é de companhias, veículos de comunicação ou sites. A vantagem desse tipo de mídia é possibilitara comunicação da empresa com seu cliente por um baixo custo. Segundo a contabilidade do Twitter Counter, em junho de 2009 a loja on-line Submarino liderava entre os microblog nacionais, com cerca de 17 mil seguidores.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas