Você está em: Clikaki »   Saúde » Perigos do tétano

Perigos do tétano

Já ouviu falar de tétano? Não? Então conheça algumas verdades sobre essa perigosa doença.

O tétano é uma doença infecciosa produzida por um bacilo muito encontrado no chão, onde chega, em geral com as feses de animais herbívoros.

Tetano
Conheça algumas curiosidades sobre o tétano:

É uma doença contagiosa?

Não. Só pode ser contraida através de uma ferida (um corte, uma queimadura, etc.), e a possibilidade de que o bacilo se localize nela é maior se a ferrida for irregular ou contiver corpos estranhos que limitem a ação das defesas do organismo.

Há pessoas mais propensas que outras a contrair o tétano?

Os lavradores, jardineiros ou vaqueiros, assim como os que trabalham com lixo ou esterco são mais propensos a contrair o tétano em decorrência do material que manipulam. Não obstante, também há casos de tétano devido a uma espetada de uma agulha de costurar ou do espinho de uma roseira, ou da explosão de uma bomba perto da pele etc.

Diz-se que as feridas produzidas por pregos enferrujados provocam sempre o tétano.

Pode acontecer que o prego, além de enferrujado, esteja sujo e contaminado, mas a ferrujem em si não provoca está doença.

Às vezes se diz que um récem-nascido morreu de tétano. Como é possível se não sofreu nenhum ferimento?

Neste tipo de infecção, que na verdade é muito pouco frequente, a porta de entrada do micróbio é a ferida produzida ao se cortar o cordão umbilical.

Fala-se também de tétano contraído durante o aborto.

Origina-se das feridas produzidas pela introdução de instrumentos pontiagudos, tais como agulhas de fazer meia, nos casos de aborto provocado.

Como age o bacilo responsável pelo tétano para produzir a doença?

O bacilo permanece sempre localizado na ferida, mas produz uma toxina muito potente que circula na sangue e se fixa no tecido nervoso.

Quais são os sintomas desta doença?

O primeiro sintoma pode ser a contratura dolorosa dos músculos do rosto. O doente não pode abrir a boca, e junto com o cenho fechado lhe dá uma expressão caractérisca de riso forçado, a que se dá o nome de trismo (Riso Sardônico). Pouco a pouco, esta contratura vai estendendo-se ao resto dos músculos do corpo até chegar aos que atuam na respiração e que, ao permanecerem contraídos e paralisados, provocem a morte do paciente.

É verdade que o corpo do paciente fica rígido “como uma tábua”?

Sim, é verdade, embora atualmente um tratamento adequado consiga reduzir a contratura. Se não for assim, o corpo pode adiquirir a rígidez de uma tábua ou pode curvar-se comno um arco, apoiando-se na cama apenas com a cabeça, os onbros e calcanhar.

Dizia-se que a morte por tétano era uma das piores. Por que motivo?

Porque antes que fossem descobertos os tratamentos usados na atualidade, o doente de tétano que tivesse enrijecido permanecia consciente até morrer. Contudo, a moderna terapêutica consegue controlar as contraturas e avaliar consideravelmente a dor, embora isso não signifique, em princípio, que o prognóstico seja mais favorável.

O que se consegue com o tratamento atual?

É dirigido, sobretudo, a relaxar a musculatura e a manter vivo o paciente até que a toxina produzida pelo bacilo possa ser eliminada do organismo.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas