Você está em: Clikaki »   Atualidades » Política » Politica café com leite no Brasil

Politica café com leite no Brasil

História

Uma das mais conhecidas "guerras políticas" do Brasil, nela dois estados brigavam pelo poder, sendo eles São Paulo e Minas Gerais

Antes de tudo vamos entender o nome da politica, que foi uma alusão à economia de são Paulo e minas gerais que eram na época grande produtores um de café e outro de leite. Além de serem fortes politicamente e berços de duas principais legendas republicanas, o Partido Republicano Paulista e o Partido Republicano Mineiro.

O que foi?

A politica conhecida como café com leite foi um acordo durante a república velha (elemento fundamental quando estudamos a politica) entre as oligarquias estaduais e o governo federal para que os presidentes da República fossem escolhidos entre os políticos de São Paulo e Minas Gerais. Portanto, ora o presidente seria paulista, ora mineiro.

Politica dos governantes

A politica dos governantes foi outro acordo firmado no qual São Paulo e Minas controlaram questões provinciais como autonomia local garantindo assim o apoio de suas bancadas ao presidente da republica.

Neste contexto São Paulo e minas gerais se encaixavam no processo sucessório nacional justamente em razão do seu peso econômico, demográfico e político.

Quem estava no poder?

No ano de 1889 junto á proclamação da republica até o governo de Campo Salles, o pais teve dois presidente militares, Marechal Deodoro da Fonseca governou até 1891, e Floriano Peixoto que governou até 1894. Entretanto na data de inicio da politica café com leite em meados de 1898, quem governava era Manuel Ferraz de Campo Salles. Já em 1930 quem tomou posse foi Getúlio Vargas.

Entretanto é importante saber que em 1894 foi eleito o primeiro presidente civil chamado Prudente de Moraes, este esteve ligado a alguns fatores políticos como crises politicas, econômicas e sociais ligadas, por exemplo, a revolução federalista e a revolta de canudos. Prudente Moraes esteve diretamente ligado à República Oligárquica.

Quando falamos em governantes é válido entender que durante os 30 anos que segui a politica café com leite foram eleitos 11 presidente da republica, 3 Mineiros, 6 paulistas e dois vice presidentes que ainda não foram citados: Nilo Peçanha que entrou no lugar de Afonso Pena e Delfim Moreira que substitui Rodrigues Alves. Para completar este ciclo de governantes aparecem mais dois de outra região como Epitácio Pessoa (Paraíba), e Hermes da Fonseca (Gaúcho).

Desta forma a politica visava à ocupação da Presidência da República pelos dois estados, apesar de terceiros terem aparecido ao longo do processo. Além disso, outros fatores estiveram ligados direta ou indiretamente a esta politica, tomando como exemplo o movimento de 1930.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas