Você está em: Clikaki »   Variedades » Curiosidades » Por que não me lembro de nada depois de beber muito?

Por que não me lembro de nada depois de beber muito?

Amnésia

Bebeu muito na noite passada e não lembra de nada do que fez? Isso é algo comum que acontece com quem acaba bebendo além da conta; Descubra o que acontece no seu corpo para isso acontecer

Descubra porque o bêbado tem 'memória curta' (Imagem: Reprodução)

Descubra porque o bêbado tem ‘memória curta’ (Imagem: Reprodução)

Não se lembrar da noite ou do dia passado é algo que acontece com bastante frequência com pessoas que bebem além da conta, e isso pode ser muito perigoso. Mas, por que essa ‘amnésia’ acontece?

Segundo um estudo feito pelo National Institute of Alcohol Abuse and Alcoholism, existem dois tipos de apagões o ‘em bloco’ e o ‘fragmentado’. Os apagões fragmentados, como o nome já diz, fazem com que a pessoa se esqueça de pequenos períodos de tempo, que podem ser recordados quando a ressaca está indo embora através daqueles ‘flashes’ de acontecimentos da noite passada.

Já os apagões em bloco se referem a períodos maiores de esquecimento, em alguns casos a amnésia é praticamente total. A pessoa não consegue se lembrar de nada do que acontece, resta a ela apenas ouvir a história da noite passada da boca de seus amigos.

Mas, qual o processo que leva a esse esquecimento?

De acordo com os cientistas a causa dos dois tipos de apagões são as mesmas: trata-se de um fenômeno neurofisiológico, desencadeado por um rompimento químico no hipocampo do cérebro – região essencial para a formação da memória.

Esse esquecimento é conhecido também como amnésia alcoólica (Imagem: Reprodução)

Esse esquecimento é conhecido também como amnésia alcoólica (Imagem: Reprodução)

O álcool presente nas bebidas interfere nos receptores no hipocampo que transmitem o glutamato, um composto responsável por transportar sinais entre os neurônios. Essa interferência causada pelo álcool, impede que alguns receptores trabalhem, enquanto ativa outros. Isso faz com que os neurônios criem esteroides que, em seguida, evitam que os neurônios se comuniquem entre eles da maneira certa, prejudicando o processo de potenciação de longa duração, fundamental para o aprendizado e para a memória.

Basicamente esse tempo em que você está muito bêbado, faz com que seu cérebro perca temporariamente a capacidade de criar novas memórias. Da próxima vez que você for cair na bebedeira, uma dica muito valiosa para aliviar esse efeito de esquecimento é beber em menor quantidade e mais devagar, e se alimentar bem antes ou durante.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas