Você está em: Clikaki »   Atualidades » Por que os Bancos estão em Greve?

Por que os Bancos estão em Greve?

Greve dos bancários A maior dos últimos 20 anos. Mais de 60 cidades e estados estão em greve, dentre eles São Paulo, Brasília, Rio de janeiro, Campo grande, Alagoas, Acre, Salvador, Piauí, e muitas outras. O motivo da ação seria pela busca de um aumento de 12,8 % de reajuste, sendo que os bancos oferecem […]

Greve dos bancários

A maior dos últimos 20 anos.

Mais de 60 cidades e estados estão em greve, dentre eles São Paulo, Brasília, Rio de janeiro, Campo grande, Alagoas, Acre, Salvador, Piauí, e muitas outras.

O motivo da ação seria pela busca de um aumento de 12,8 % de reajuste, sendo que os bancos oferecem 8 %. O movimento começou em 27 de setembro e se prolonga por um tempo indeterminado. Dados apontam que mais de 44 % das 20.073 agencias estão em greve. A tendência é crescer já que a insatisfações dos bancários cresce cada dia mais.

Os trabalhadores buscam ainda:

Valorização do piso;

Mais contratações;

Mais seguranças e igualdade de oportunidades;

Maior participação nos lucros e resultados;

Fim da rotatividade;

Afinal o que a Fenabran oferece?

Como já dito foi feita uma proposta de 8 %, correção de salários, benéficos e participações no PLR, isso a partir de 1º de setembro. O que na visão de alguns garantiria uma correção acima da inflação pelo oitavo ano consecutivo. Esta proposta prevê aumentar para R$ 1845,77 o piso salarial para caixas, com jornadas de 6 horas.

Mas os bancários não estão satisfeitos querem conseguir aumentos de mais de 12%, até agora sem quaisquer hipóteses de rendição.

A greve não pode prejudicar o consumidor. Especialistas orientam, no entanto, que ele deve fazer a sua parte, buscando canais alternativos para quitar as dívidas. Lembrando que as casas lotéricas não estão em greve, além de outros canais como caixa eletrônico (procure não pedir ajuda a estranhos), internet, telefone, algumas farmácias e hipermercados.

Supostos prejuízos aos consumidores com o estado de greve

Multas

O Idec anuncia que não poderá ser cobrados juros ou multas, até por que possíveis atrasos não são culpa dos clientes.

Financiamento imobiliário

Atrasos na análise e na aprovação de financiamentos de imóveis, que vencerem nesse período, futuramente o banco é quem assumirá as despesas.

Protesto dos bancários

Na tarde do dia 11 de outubro, cerca de 150 bancários reuniu-se em protesto no centro de são Paulo, o motivo é a greve que segue forte com a paralisação geral das agencias bancárias. O movimento contou com carros de som, e os protestantes seguiam pela calçada.

O numero de bancários que reivindicam chega a mais ou menos 36 mil, até hoje (12/10), 16º dia do movimento. Alguns servidores da justiça federal também realizaram um movimento, reunindo-se frente ao prédio do Tribunal Regional Federal, seguindo em direção á FIESP, ainda não se sabe o numero exato de pessoas que se juntarão a esta ultima passeata.

Por tanto não há como saber até quando a greve vai se prolongar, o jeito é esperar, pra ver onde isso vai dar.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Recomendamos para você

Os maravilhosos paraísos fiscais

Os maravilhosos paraísos fiscais

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas