Você está em: Clikaki »   Educação » História » Qual foi a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial?

Qual foi a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial?

FEB

Mesmo não sendo um dos destaques da Segunda Guerra Mundial, o Brasil teve uma importante participação nela

A FEB foi um grupo com cerca de 25 mil soldados enviados pelo Brasil para a Segunda Guerra Mundial

A FEB foi um grupo com cerca de 25 mil soldados enviados pelo Brasil para a Segunda Guerra Mundial

Apesar de não ter sido um dos principais destaques, o Brasil participou sim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Na época, foi enviado para os campos de batalha, uma força militar chamada de Força Expedicionária Brasileira (FEB), um grupo que contava com aproximadamente 25 mil homens. Os soldados brasileiros lutaram ao lado dos Aliados (Estados Unidos e União Soviética) em combates travados na Itália contra os países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão).

O Brasil só declarou seu apoio aos Aliados em janeiro de 1942 e só em agosto de 1943 organizou oficialmente a FEB, nesse meio tempo, vários oficiais brasileiros foram enviados aos Estados Unidos para serem treinados.

Os soldados brasileiros ficaram conhecidos como pracinhas

Os soldados brasileiros ficaram conhecidos como pracinhas

As tropas da FEB, foram enviadas a Itália, e se juntaram ao 5º Exército norte-americano, e este, por sua vez, ao 10º Grupo de Exércitos Aliados. A chegada da FEB ao campo de batalha só foi acontecer em julho de 1944, e seu o objetivo era reforçar o contingente dos Aliados no combate às tropas do Eixo que estavam ocupando a Itália, impedindo que elas se juntassem às forças inimigas que estavam na França. O resultado dos conflitos travados ali foram muito importante na Segunda Guerra Mundial, já que a libertação francesa pelos Aliados, foi um dos pontos cruciais para a vitória.

Combates na Itália

Os soldados brasileiros foram bastante importantes no combate às tropas do Eixo. Algumas semanas após o desembarque na Europa, a FEB lutou no vale do rio Serchio, na região da Toscana, durante o outono europeu, ajudando na tomada de Massarosa, Carnaiore e Monte Prano.

O lema da FEB era "A cobra está fumando", pois se dizia na época que seria "Mais fácil uma cobra fumar cachimbo do que o Brasil participar da guerra na Europa"

O lema da FEB era “A cobra está fumando”, pois se dizia na época que seria “Mais fácil uma cobra fumar cachimbo do que o Brasil participar da guerra na Europa”

Os resultados mais expressivos da Força Expedicionária Brasileiro foram na região da Emília Romanha, onde conseguiram conquistar as comunas de Monte Castello e Montese e ao fazer um cerco a uma divisão militar do Eixo. O local dominado era de suma importância, já que de lá, os inimigos conseguiam impedir o avanço dos Aliados em direção ao norte da Itália. Depois de algumas batalhas, os brasileiros conseguiram conquistar o local, de onde seguiram rumo a Gênova, já próximo à fronteira com a França.

Naquela região, outras batalhas ainda foram travadas contra militares do Eixo antes de se renderem. Logo nos primeiros meses de 1945, diversas outras comunas italianas foram conquistadas pelos Aliados. Já a FEB, marchou rumo a Turim e, em seguida, até Susa, lá se juntaram a tropas francesas estacionadas na região.

Qual era o interesse do Brasil na guerra

As tropas brasileiras deixaram uma boa impressão após a vitória dos Aliados na Segunda Guerra Mundial. O Brasil perdeu 454 homens do exército e 5 pilotos morreram em ação e cerca de dois mil soldados morreram decorrentes dos ferimentos de combate, isso fez com que a imagem da FEB se consolidasse como a de um exército forte.

Porém, o interesse brasileiro não era apenas de libertar a Europa do nazifascismo, o então presidente Getúlio Vargas queria consolidar o Brasil como uma nação militarmente importante na América do Sul e mostrar para o mundo que o país merecia uma posição de destaque.

O Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, popularmente conhecido como Monumento aos Pracinhas, está localizado no Rio de Janeiro

O Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, está localizado no Rio de Janeiro

O fato curioso é que na época no Brasil, havia ditadura, enquanto isso as tropa da FEB lutavam na Europa para restabelecer a democracia nos territórios que tinham sido conquistados pelo Eixo. Além disso, o Brasil foi o país da América Latina que mais se envolveu na Segunda Guerra Mundial, e até abril de 1945, quando Adolf Hitler se suicidou, os soldados brasileiros ainda estavam em ação.

Compartilhe este artigo:

publicidade

Comentários

Doralice Tabosa comentou:

Estes foram os bravos heróis brasileiros!

Responder

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas