Quando o rádio chegou ao Brasil

Gostou? Seja +1!

Categoria: Curiosidades
Postado em:
Home » Curiosidades » Quando o rádio chegou ao Brasil





A primeira transmissão de rádio no Brasil ocorreu em 1922 e apenas 80 aparelhos transmitiram o programa.

A primeira transmissão de rádio no Brasil ocorreu em 1922 e apenas 80 aparelhos transmitiram o programa. (Foto: Ilustração)

De acordo com alguns estudos, a tecnologia de transmissão por meio de ondas de rádio foi inventado no fim do século XIX . Porém, apenas em 7 de setembro de 1922, o Brasil entrou na era do rádio.

No alto do Corcovado, no Rio de Janeiro, foi instalada uma estação para transmitir o discurso do presidente Epitácio Pessoa, em comemoração ao Centenário da Independência. Poucos habitantes da então capital da Republica, sentados ao redor dos 80 aparelhos de rádio dispersos pela cidade, acompanharam esse discurso.

Através de um transmissor de 500 watts, fornecido pela empresa norte-americana "Westinghouse", o presidente Epitácio em clima de festa, abriu a programação que contou também com músicas clássicas, entre elas,  a ópera ‘O Guarani’, de Carlos Gomes.

Roquete Pinto

Edgar Roquette Pinto, considerado o pai da radiodifusão brasileira

De acordo com historiadores, as pessoas ouviram muito pouco da transmissão, porque o barulho da exposição era intenso e os alto-falantes relativamente fracos. O responsável pela iniciativa foi o cientista e educador Edgar Roquette Pinto, considerado o pai da radiodifusão brasileira.*

No final da transmissão, a emissora saiu do ar e os brasileiros precisaram esperar um ano até a próxima programação. Hoje, temos milhares de emissoras espalhadas pelo país.

A primeira estação a transmitir uma programação diária foi a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, fundada em 1923 por Roquete Pinto e Henrique Morize.

Sua grande concorrente surgiu apenas em 18 de setembro de 1950, quando entrou em cena a televisão, dando início a uma fase de decadência do rádio, pois seus principais ídolos se deslocaram para a rival.

“É a simbiose entre o rádio e idealismo”  - Tuma, o inventor desse termo radialista

Uma das grandes forças do rádio em todo o país são as transmissões esportivas, em especial o futebol. A primeira transmissão ocorreu no inicio da década de 30 e o principal personagem foi o jornalista

Nicolau Tuma, que narrou a primeira partida de futebol pelo rádio. Os times que disputaram esse jogo foram: Seleção Paulista X Seleção Paranaense.

Esse jornalista iniciou a narração assim: “Vou tentar transmitir uma coisa nova. Desenhem um retângulo ao lado do rádio para terem uma ideia do que está acontecendo. Os paulistas estão do lado direito e os paranaenses do esquerdo”.

A rádio nos dias de hoje

Será que na era dos smartphones e televisores de "centenas polegadas" ainda existe espaço para os rádios? Absolutamente que sim.

Uma pesquisa inédita realizada pela Ipsos Brasil, a partir de dados do IBOPE, mostra que o rádio tem o dobro da audiência da TV aberta das seis horas da manhã ao meio-dia, na média de todos os dias da semana. Nessa faixa horário, o rádio tem 1,815 milhão de ouvintes por minuto na só na Grande São Paulo.

De acordo com especialistas na área radialista, a grande parte da audiência não vem mais dos radinhos de pilha, mas sim dos próprios telefones celulares e dos carros que estão em trânsito pela cidade. *

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes