Quem foram os Vikings e o que é A Era Viking

Gostou? Seja +1!

Categoria: História
Postado em:
Home » História » Quem foram os Vikings e o que é A Era Viking





Quem foram os Vikings?

Os vikings foram uma antiga civilização Escandinava, seus territórios situavam-se onde atualmente se encontram três países europeus: Dinamarca, Noruega e Suécia, que também são conhecidos como países nórdicos ou normandos. Os vikings tinham sua vida voltada ao mar, o que levou-os a estabelecer um grande comércio marítimo, a pratica da pirataria também teve uma grande importância econômica, esta pratica ajudou a criar esta imagem dos vikings que nós temos hoje, bárbaros obcecados por batalhas e sangue. Apesar de terem suas vidas voltadas ao mar eles também tinham um mercado agrícola e artesanato notáveis.

viking

O mito dos elmos

Imagine um viking! Pronto? Aposto que você imaginou um guerreiro barbudo com um capacete córneo (chifres) e espada e escudo. Porém o famoso capacete com chifres é um dos maiores enganos cometidos ao se falar sobre os vikings. Este mito surgiu por causa de uma crença, eles receavam que o céu lhes pudesse vir a cair em suas cabeças. Porém esta crença era celta e não nórdica. Os vikings jamais utilizaram tais elmos. Na verdade os capacetes utilizados por verdadeiros vikings tinham o formato cônico e nada de chifres. Na verdade estas características foram criações artísticas das óperas do século XIX onde eles visavam resgatar a imagem de bárbaros cruéis.

Elmo viking do século V (Museu Histórico de Estocolmo)

Elmo viking do século V (Museu Histórico de Estocolmo)

Como eram as navegações

Os vikings utilizavam o drakkar ou navio dragão, estes navios permitiam que eles navegassem grandes distâncias, além de lhes dar algumas vantagens em batalhas, eles podiam realizar manobras ágeis de ataque e fuga. Estes navios permitiam que eles atacassem de uma forma inesperada e rápida, desaparecendo antes de um contra ataque. Seu formato também permitia que eles entrassem continente a dentro através de rios.

drakar

Idioma

Pedras rúnicas (são conhecidas cerca de 6000 na Escandinávia) encontradas em tal época nas regiões norueguesas, dinamarqueses e suecas estão gravadas em nórdico antigo.

Religião

Os vikings possuíam uma vasta mitologia, acreditavam em vários deuses, onde eram sistematicamente adorados em eventos coletivos. Odin era o Deus maior, senhor de todos os deuses e seu filho Thor era quem protegia os vikings e também o deus que tinha poder sobre os céus, raios e afins. Após a cristianização da Europa ao decorrer da Idade Média, os vikings foram se convertendo vagarosamente a nova religião.

Sociedade viking

A pirâmide social viking era dividida da seguinte forma.
social viking
No topo da pirâmide está o rei.
Abaixo do rei estão os Jarls, grandes proprietários de terras e ricos, porém não nobres, Na sociedade viking não haviam nobres.
Abaixo dos Jarls estão os Karls, eles eram o povo livre porém com pouca posse, geralmente era composto por lavradores e comerciantes, eles também compunham parte dos exércitos vikings e também tinham participação das Tings. As Tings eram uma assembleia de homens livres que se reuniam para criarem leis, fazer a justiça acontecer e tomar decisões administrativas.
Abaixo dos Karls estão os Thralls, escravos, que tinham principalmente três origens. Prisioneiros de guerra eram convertidos em escravos, pessoas capturadas em países estrangeiros e hereditário, ou seja, filhos de escravos eram automaticamente escravos. Porém uma pessoa também poderia se tornar um escravo caso ele seja punido por algum crime cometido ou tornar-se voluntario por ser muito pobre.

Os vikings viviam geralmente em fazendas onde a população variava entre 50 e 500 pessoas. Eles possuíam um sistema comunitário onde todos se ajudavam.

A Era Viking

É como é denominado o período entre 790 quando aconteceram as primeiras invasões registradas até 1066 d.C a conquista normanda da Inglaterra na Escandinávia.A Era Viking não é atribuida somente às terras escandinavas, mas também entende-se aos territórios que estavam sob o domínio do norte-germânico, incluindo o York escandinavo e o centro administrativo do que restou do Reino da Nortúmbria, partes do Reino da Mércia e a Ânglia Oriental. Os vikings navegando em seus drakars foram
abrindo caminhos para as terras ao norte, leste e oeste, no caminho foram formando-se várias colônias independentes. Os vikings podem ter sido as primeiras pessoas a chegarem na Groenlândia e na Islândia, sendo assim seus colonizadores, porém nessa parte não existem fontes o suficiente e não se pode afirmar com certeza.
Por volta de 840 os primeiros emissários suecos a visitar o Império Bizantino se tornaram mercenários deles, ao final do século XII foi criada uma nova unidade de guarda imperial formada basicamente por escandinavos, esta ficou conhecida como Guarda varegue. O escandinavo desta guarda que ficou mais conhecido foi Haroldo Manto Cinzento (Haroldo III Sigurdsson).

Haroldo era meio irmão de Olavo II rei da Noruega, que foi morto em batalha, quando isto aconteceu ele fugiu para Constantinopla onde foi o chefe da Guarda Varegue. Tempos depois ele volta a Noruega e divide o poder com o filho de seu meio irmão, Magno I, que morreu em 1047, então Haroldo se tornou o único dirigente do país, até
sua morte.

Declínio e fim da era viking

Após algumas décadas de pilhagem, a resistência aos vikings foi se tornando mais forte, A introdução do Cristianismo na Escandinávia tornou a cultura viking mais
moderadas. Ao final do século XI as incursões vikings acabaram. Então foram consolidados três reinos Dinamarca, Noruega e Suécia, substituindo as nações vikings, com
isso surgiram as intrigas políticas e o rei se dedicava a governar suas terras. Com a difusão do cristianismo foram cada vez mais diminuindo os valores dos guerreiros
pagãos. As expedições de pirataria foram substituídas por expedições militares.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes