Regionalização do espaço mundial resumo

Gostou? Seja +1!

Categoria: Geografia
Postado em:
Home » Geografia » Regionalização do espaço mundial resumo





Um mapa baseado em Índice de Desenvolvimento Humano é uma boa base para regionalização.

Um mapa baseado em Índice de Desenvolvimento Humano é uma boa base para regionalização.

Como regionalizar o espaço mundial diante deste cenário complexo e dinâmico? As incertezas inerentes a uma realidade tão ampla impõem à Geografia uma tarefa extremamente difícil: como classificar o mundo em regiões menores e homogêneas tão rapidamente?

A proposta que apresentamos a seguir e mais um contribuição a este debate. Não possui a menor pretensão de ser perfeita. Refere-se ao momento geoeconômico que vivemos e somente deve ser entendida neste contexto. Ao mesmo tempo, buscar contemplar as discussões que tem sido travadas no interior das ciências humanas – em especial da Geografia, é claro – sobre o tema.

Esta proposta de regionalização considera três critérios principais, em ordem de importância, conforme são apresentados a seguir:

Desenvolvimento Social

Nível de desenvolvimento social: é o item mais importante. Agrupa os países segundo seus indicadores sociais básicos: mortalidade infantil, escolaridade, esperança de vida, nutrição etc. Para tal é utilizado com base o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) divulgado anualmente pela ONU.

Desenvolvimento Econômico

Nível de desenvolvimento econômico, científico e tecnológico: também bastante importante, diferencia os países segundo o grau de desenvolvimento industrial e tecnológico, tamanho do PNB (Produto Nacional Bruto), rendimento per capita e distribuição de renda, entre outros fatores.

Desenvolvimento Político

Nível de desenvolvimento político interno e importância geopolítica: aqui são considerados o grau de democratização e de participação política e a importância dos países no cenário mundial. Desta forma, os países foram divididos em dois grupos também são hierarquizados.

Grupos de países

Possuem um grau razoável de desenvolvimento socioeconômico e político. São economias industrializadas, sediam a maioria das empresas multinacionais e detêm um elevado padrão tecnológico e cientifico. Não raro apresentam um setor agropecuário dinâmico. Não apresentam grandes desigualdades sociais internas, embora situação venha se agravando com o aumento do desemprego.

Parte significativa de suas populações possui bons rendimentos, amplo acesso aos serviços básicos de educação e saúde, além de apresentarem pequeno crescimento demográfico e alta expectativa de vida. Predominam neste grupo de países regimes políticos relativamente estáveis e democráticos, por exemplo:

Países centrais ou dominantes (pólos)

A Tríade é formada pelos três países mais desenvolvidos do mundo, com grande poder geopolítico e geoeconômico: Estados Unidos, Japão e Alemanha.

Países semicentrais ou subpólos

Possuem forte influencia geopolítica e geoeconômica, decorrente em grande parte de terem colonizado extensas áreas no passado.