Você está em: Clikaki »   Educação » História » Restauração Meiji Resumo

Restauração Meiji Resumo

História

A Restauração Meiji também é conhecida como Meiji Ishin ou Revolução Meiji.

Meiji

A Restauração Meiji é conhecido como um período de transição e ou renovação. Em 1868 é posto um fim ao Xogunato Tokugawa, o Japão deixa de ser um estado feudal para ser um estado moderno, abrindo assim o Japão para o Ocidente. Ocorreram grandes mudanças nas áreas do governo, instituição, educação, economia e religião, o Japão se tornou a primeira nação asiática com um sistema de nação/estado moderno.

Foi acelerada a industrialização no Japão elevando sua autoridade militar até 1905, possuindo o lema “Enriqueça o país, fortaleça as forças armadas”. Em 1868 as terras Tokugawa foram confiscadas e colocados sob o controle do império. 1869 os daimyos que estavam contra o xogunato foram convencidos a devolver os domínios o imperador, outros foram sendo convencidos com o tempo e criando pela primeira vez um governo central no Japão, que exercia o poder direto através do reino. 1871 todas as terras foram devolvidos ao imperador, formando várias prefeituras sob o controle de um governante nomeado pelo estado. 1888 prefeituras são fundidas para reduzir seus números para cerca de 75.

A Restauração Meiji era liderada por três pessoas: Shintarou Nakoaka, Ryouma Sakamoto e Toshimichi Ookubo. O Meiji se baseou na cidade de Edo (Tóquio). Durante muito tempo as autoridades perseguiam defensores do antigo sistema Edo, ao mesmo tempo o Japão abria as portas para os outros países, iniciando a industrialização. O japão passou a assinar tratados de comércio e amizade com diversas nações. Aos poucos japoneses se espalhavam para outros cantos de vários continentes acarretando numa marginalização da cultura japonesa.

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas