Você está em: Clikaki »   Atualidades » Resumo da questão árabe-israelense

Data de publicadaPublicado em Autor Por: Guilherme

Resumo da questão árabe-israelense

Resumo da questão árabe-israelenses. Porque palestinos e israelenses guerreiam a tanto tempo? O que é preciso fazer para Israel e a Palestina se entendam?

Saiba o porque de palestinos e israelenses guerrearem a tanto tempo e o que é preciso fazer para que Israel e Palestina se entendam.

Resumo da questão árabe-israelenseO Oriente Médio, durante muito tempo, tem sido um lugar muito difícil de conviver. Talvez pelo fato de existir muita diferença étnica e religiosa, todos os dias ouvimos alguma notícia de homens-bomba, carros-bomba e atentados terroristas na mídia em geral. Ali estão presentes as três principais religiões do mundo: cristianismo, judaísmo e islamismo. Buscam a todo custo conquistar o território que para eles é considerado santo: Jerusalém.

Pouco antes de Jesus vir a Terra, ocorreram duas ocasiões que causaram a expulsão dos Judeus de seu território (hoje Israel). A primeira foi a invasão dos romanos e a segunda foi a própria destruição de Jerusalém.

Daí no século XIX, os judeus que haviam se espalhado pelo mundo, resolveram voltar a sua terra natal. O movimento sionista faz com que judeus instale colônias judaicas dentro de Israel, locais esses que são ocupados por árabes-palestinos. É aí que mora o problema, é justamente aí que começa a discórdia…

Guerra a questão árabe-israelensePara não ter problema, o território foi divido entre o Estado Palestino e o Estado de Israel, isso aconteceu no ano de 1948 com a decisão da ONU. Os árabes não gostaram dessa decisão, afinal o território pertenciam a eles, enviaram então tropas de exército para não permitir isso, mas acabaram sendo derrotados pelos israelenses, que dominaram quase tudo, chegando até mesmo a excluir o Estado Palestino das áreas por ali. Desde então, a Ásia Menor tem sido palco de diversas guerras. Por exemplo: no ano de 1991, houve aquele medo iminente de bombas atômicas por parte dos israelenses que foram atingidos por mísseis iraquianos. Isso sem mencionar 1967, 1977, 1987, idas e vindas que só pioram a situação.

Os anos 90 foi marcado pela tentativa de acordos de paz entre palestinos e israelenses, mas sem muito êxito. Quando dois povos bastante distintos ocupam um espaço muito pequeno para eles, é inevitável que aconteçam conflitos. Em 2004, anunciaram até a retirada dos israelenses de Gaza até a Cisjordânia, mas ainda sim os grupos extremistas continuam em guerra.

Resumo da questão árabe-israelense bandeirasA razão de tudo isso é a Terra Santa, Jerusalém. Para que se resolva esse problema é preciso boa vontade das pessoas envolvidas, compreensão dos povos e esforço para viverem pacificamente, mas o que parecem é que eles gostam mesmo de guerra. De qualquer maneira, essa não é uma tarefa fácil, mas todo mundo quer que essas nações se entendam.

Avalie e compartilhe este artigo:

Resumo da questão árabe-israelense
0 votos, média de votos: 0.00 (pontuação: 0%)

Comentários

Carlos comentou:

Muito boa postagem!!

Responder

Deixe o seu comentário