Você está em: Clikaki »   Saúde » Tratamentos » Sintomas da enxaqueca

Sintomas da enxaqueca

Dor de cabeça

Estima-se que cerca de 10 a cada 100 pessoas sofrem de enxaqueca. Conheça os sintomas, as causas da doença e como tratar.

A enxaqueca atinge um percentual maior nas mulheres do que em homens.

A enxaqueca atinge um percentual maior nas mulheres do que em homens. (Foto: Reprodução)

Causa da enxaqueca

Estima-se que cerca de 10 a cada 100 pessoas sofrem de enxaqueca. Os sintomas mais evidentes são a forte dor de cabeça, associada a distúrbios visuais, náuseas e vômitos.

Ainda não se sabe definitivamente o que causa no ser humano a enxaqueca, porém se sabe que ocorrem alterações do diâmetro dos vasos sanguíneos que ficam no couro cabeludo e no encéfalo. De acordo com pesquisas realizadas recentemente, um distúrbio de atividade do mediador químico encefálico – um neurotransmissor – serotonina pode ser a causa do problema.

Para se prevenir, evite situações de tensão, má alimentação, refeições “puladas”, falta de sono e certos tipos de alimentos como queijo e chocolate. Em algumas mulheres, a enxaqueca pode possuir uma relação com a menstruação.

Sintomas da enxaqueca

A enxaqueca é dividida em dois tipos: com áurea e sem áurea. Independente do tipo, os principais sintomas são, às vezes, precedidos pelo que se chama de pródromo, que inclui ansiedade ou alteração de humor, alterações no gosto e no cheiro, excesso ou falta de energia.

As pessoas que tem enxaqueca com áurea apresentam alguns sintomas a mais: problemas visuais, como lampejos luminosos e visão turva, sentimento de paralisação ou fraqueza num dos lados do corpo e da face.

A áurea antecede a dor de cabeça e pode incapacitar o portador da doença de realizar suas atividades. (Foto: Reprodução)

A áurea antecede a dor de cabeça e pode incapacitar o portador da doença de realizar suas atividades. (Foto: Reprodução)

Quando esses sinais começam a aparecer é sinal de que a enxaqueca está para chegar. E tanto em uma, como na outra, novos sintomas surgem em seguida: dor de cabeça muito forte, piorada por qualquer movimento brusco e geralmente sentida num dos lados da cabeça, sobre o olho; náuseas e vômitos, e repúdio a luz intensas e barulhos altos. A enxaqueca é tão chata que pode durar desde algumas horas até alguns dias.

Tratamento enxaqueca

É importante deixar claro que ainda não existe cura para a enxaqueca. Quando um paciente é diagnosticado com a doença, o médico pode prescrever duas formas de tratamento. Ambas usam medicamentos: a primeira, para prevenir as crises e a segunda, para diminuir os sintomas quando aparecerem.

O tratamento pode levar a uma diminuição de até 50% das crises e pode levar de 6 meses até 2 anos. Também, como parte do tratamento, o paciente pode fazer um próprio levantamento de si mesmo através de um diário.

Lá o paciente pode anotar todas as vezes que sentiu enxaqueca: a dor, a intensidade,  a frequência, e o que pode ter desencadeado a crise, além entre outros detalhes.

Manter-se bem alimentado, prevenindo a vista de cansaço e realizando exercícios físicos como a tradicional caminhada também ajudam a prevenir o aparecimento da doença.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas