Você está em: Clikaki »   Saúde » Gravidez » Sintomas e tratamento da depressão pós-parto

Sintomas e tratamento da depressão pós-parto

Atenção

A depressão pós-parto ocorre em média de 15% das mulheres, e ela causa a mulher sentimentos de euforia e desespero que levam a pensamentos suicidas. Saiba como perceber a depressão pós-parto e tratar esse transtorno.

a

A depressão pós-parto é um transtorno psicológico que causa falta de energia e cansaço emocional.

A depressão pós-parto é um transtorno psicológico e pode ocorrer logo após o parto ou nos últimos meses da gestação, afetando a capacidade da mulher em tomar decisões e causando muita falta de energia e cansaço emocional. A depressão pós-parto ocorre em média de 15% das mulheres e jamais deve ser confundida com as mudanças de humor que ocorrem após o nascimento da criança.

Segundo especialistas o transtorno pós-natal pode ser muito comum em algumas mães e é considerado normal que elas chorem com facilidade, pois suas emoções estão à flor da pele e seus hormônios naturalmente são afetados, mas com o tempo se regularizam, quando isso acontece esse comportamento não é classificado como depressão pós-parto. A depressão pós-parto é bem diferente, e vem de uma hora para a outra trazendo sentimentos de euforia e desespero que levam a depressão e fazem com que a mulher tenha pensamentos suicidas e se sinta uma mãe incompetente, se irritando com facilidade. Em alguns casos mais graves mães têm vontade de prejudicar ou até mesmo matar seu bebê.

Alguns sintomas mais comuns são distúrbios no sono, isolamento social, perda de apetite, baixa autoestima, desespero, sentimento de culpa e de incapacidade, medo, preocupação excessiva com o bebê, falta de interesse por atividades prazerosas, tristeza, entre outros. Além das mudanças hormonais, a depressão pós-parto pode ser causada de diversos modos, como: A mulher não querer ser mãe talvez por ter passado por uma infância difícil onde os pais não se davam bem, famílias com histórico de depressão e falta de apoio.

a

Em alguns casos mais graves mães têm vontade de prejudicar ou até mesmo matar seu bebê.

O caminho da recuperação

Sem o carinho e a ajuda de outros pode ser muito difícil vencer a depressão pós- parto, por isso é preciso ter paciência e ser um bom ouvinte. Existem vários tratamentos alternativos para tratar a depressão pós-parto como: acupuntura, realização de massagens e de exercícios físicos moderados, em casos mais graves a depressão pós-parto conta com a ajuda de profissionais como psicólogos e psiquiatras que receitam medicamentos e auxilio emocional para tratar a doença.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas