Você está em: Clikaki »   Atualidades » Política » Surge a União Econômica Eurasiática

Surge a União Econômica Eurasiática

Política

Em 29 de maio de 2014 os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev e de Belarus, Alexander Lukashenko assinam o acordo que cria a União Econômica Eurasiática.

uniao-eurasiatica

Nesta quinta feira a Rússia assinou um acordo com Cazaquistão e Belarus para criar a União Econômica Eurasiática, este acordo pretende restaurar a influência de Moscou nas ex-repúblicas soviéticas, porém a Ucrânia não esta incluída.

O acordo foi assinado em Astana, capital de Cazaquistão, pelos três presidentes dos respectivos países. E a união irá começar a vigorar em 1º de janeiro de 2015, favorecendo uma integração mais estreita entre os países que já possuíam um acordo desde 2010 de união alfandegária.

Após a assinatura Nazarbayev afirma que: “Esta união é econômica e não afeta a soberania dos Estados participantes”.

“Os três Estados se comprometem a garantir a livre circulação de produtos, serviços, capitais e trabalhadores, a implementar uma política coordenada em temas chave da economia: energia, indústria, agricultura, transportes”, afirma um comunicado do Kremlin.

“Hoje vamos criar juntos um poderoso e atrativo centro de desenvolvimento econômico, um importante mercado regional que unirá 170 milhões de pessoas”, afirmou Putin.

A Armênia e o Quirguistão também anunciaram a intenção de aderir o bloco até o fim do ano.

A ausência da Ucrânia se deve ao estado atual em crise política e com ameaças de guerra civil entre separatistas pró-Rússia e ativistas pró-Ocidente. Além do novo presidente ucraniano, Petro Poroshenko, dizer que o seu objetivo é entrar na União Europeia, contrariando Moscou de atrair Kiev para sua zona de influência econômica e política.

Apesar de Putin considerar que a dissolução da URSS foi a maior catástrofe geopolítica do século XX ele declarou que não deseja ressuscitar a URSS.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas