Você está em: Clikaki »   Saúde » Tratamentos » Tratamento para fobia social

Tratamento para fobia social

Psicologia

Tratamento e diagnóstico para a fobia social. Doença psicológica que vem aumentando o número de pessoas ao longo dos anos.

Para evitar a ansiedade, para o fóbico social, estar sozinho é sempre a melhor opção.

Para evitar a ansiedade, para o fóbico social, estar sozinho é sempre a melhor opção.

Medo e ansiedade de se relacionar ao público mais conhecido como fobia social tem se tornado um vilão a milhares de pessoas em volta do mundo todo.  De acordo com pesquisas, cerca de 8% da população mundial sofre com problemas de fobia social.

Diagnóstico

A fobia social pode ser entendida por um excesso grave de ansiedade que impede o portador de levar uma vida normal e saudável. A doença é caracterizada por um grande desconforto pessoal de se relacionar com outras pessoas. “[A fobia social] é um transtorno de ansiedade em que as pessoas têm muito medo da avaliação negativa do outro, o que gera dificuldade de interação. Elas evitam situações em que tem que se expor e, quando as enfrentam, fazem isso com muito desconforto, com sofrimento”,  de acordo com a psicológa Cristiane Gebara.

Todos que são afetados por essa patologia apresentam sintomas de medo e isolamento contínuo e em alguns casos chega-se a ponto de abandonar o ambiente de trabalho, faculdade, entre outros, como também se perde o interesse completo de se associar com parentes e amigos.

O fóbico social se sente exposto à observação de outros e, portanto consideram-se julgados enquanto realizam qualquer atividade. Eles evitam toda forma situações sociáveis que provocam a eles pânico, e por trás disso tudo surge entre eles uma sensação de alívio, mas também um grande sentimento de culpa por não estarem conseguindo lidar com a doença. Os portadores geralmente são jovens. Estudos confirmam que o transtorno tem afetado mais mulheres do que homens.

Tratamento

Pode se encontrar uma solução para a fobia social basicamente de duas formas: O uso de medicamentos e a mais conhecida psicoterapia. Com a ajuda de ambos os métodos o paciente faz uso de tranquilizantes que o auxiliam a reduzir o medo e a tensão de se relacionar com outros.

Outra técnica de tratamento é a exposição gradual do paciente a determinada situação ansiosa, que pode ser feita ao vivo ou apenas na imaginação. Em exposição ao vivo a melhora atinge cerca de 70% dos casos.

Pesquisas mostram que a combinação entre a medicação e a psicoterapia traz melhores resultados do que qualquer uma delas separadas. Por isso para um tratamento eficaz consulte um médico psiquiatra e um psicólogo juntos. É preciso a colaboração e aceitação do paciente para tratar a doença. Com o passar do tempo pode-se levar uma vida normal.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas