Você está em: Clikaki »   Variedades » Curiosidades » Como se forma a casca de ferida?

Como se forma a casca de ferida?

Cicatrização

A casca de ferida faz parte do processo de cicatrização da pele, por isso ele é fundamental para nos recuperarmos de um ferimento.

machucado-leve

A casca de ferida faz parte do processo de cicatrização da nossa pele. Sempre que sofremos algum corte ou sangramentos por mais mais pequeno que ele seja, se ele romper as camadas superiores o processo de cicatrização dará inicio. A casca que se forma, tem como principal função proteger a parte lesionada, para que a pele possa se reconstruir lentamente.

Processo de reconstrução

Primeiramente é importante saber que o nosso sangue contém diversos tipos de células para recuperar a pele ferida.

A primeira etapa é quando a lesão rompe as camadas superiores da pele (profundidade média de 4mm), os vasos se rompem e sangue começa a sair, dando inicio ao processo. As plaquetas que é um dos componentes do sangue se deposita na borda do machucado, inciando a reconstituição da pele.

Em seguida a proteína fibrina também começa a se acumular região afetada. Ela acaba se misturando com às plaquetas até estancar o sangramento. A junção dessas duas substâncias com o sangue, formam a casquinha. A casca então começa a endurecer, e o ferimento é invidado por glóbulos brancos, que destroem as bactérias e outras impurezas alojadas no machucado. O aumento no fluxo de sangue, acaba gerando calor e dor no ferimento.

Após matar a sujeira os glóbulos brancos, acabam deixando os restos por ali. Então surgem os macrófagos, uma célula que “engole” outras células mortas (incluindo as da pele machucada). Um leve inchaço ocorre no ferimento devido ao fluxo de sangue que continua intenso.

A regeneração, depende do tamanho do ferimento, por isso ela pode durar dias, ou até mesmo semanas, esse trabalho é feito pelos fibroblastos, que são células ricas em colágeno, que ajudam a “juntar” à nova camada de pele que está se formando.

O pedaço regenerado nunca fica igual ao original, pois devido ao corte a pele original morreu, e seu corpo teve de refazer uma nova do zero. Algumas vezes, dependendo da gravidade do ferimento pode acabar se formando uma cicatriz, que tem um tom de pele ou textura levemente diferente do restante da pele.

Comedor de casquinha?

Existe um transtorno obsessivo compulsivo chamado dermatilomania que faz com que o portador arranque a pele (sadia ou machucada) sem parar, e em alguns casos a pessoa chega até mesmo a comer.

Se você gosta de cutucar a casquinha do seu ferimento, fique sabendo que especialistas são unânimes em dizer que esse comportamento não é recomendável, visto que isso pode atrasar o processo de cicatrização.

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas