Você está em: Clikaki »   Atualidades » Notícias » Evo Morales ganha mais um mandato

Evo Morales ganha mais um mandato

Bolívia

Eleito para o terceiro mandato Evo Morales recebeu cerca de 61% de votos a favor.

evo-morales2

Sob acusações de Fraudes da oposição a Presidente do Supremo Tribunal Eleitoral boliviano Wilma Velasco, afirma que Evo Morales foi vencedor das eleições com cerca de 61% dos votos. Ele venceu em 8 dos 9 estados do país, mesmo em regiões de forte tradição oposicionista.

No poder desde 2006, Morales, primeiro presidente indígena da Bolívia, precisava de 50% e mais um voto para garantir a reeleição sem a necessidade de segundo turno. Na eleição de 2009, ele recebeu 64% dos votos.

As legendas opositoras União Democrática, Democracia Cristã, Movimento Sem Medo e o Partido Verde obtiveram, respectivamente, 24,5%, 9%, 2,72% e 2,69% dos votos.

De acordo com os opositores, se ele for eleito novamente, e conseguir modificar a Constituição, a Bolívia “terá um presidente eterno e um governo totalitário e autoritário”.

Seu governo foi marcado por diversas nacionalizações de setores estratégicos na Bolívia pondo em xeque interesses de muitas corporações instituições privadas e do governo Norte Americano.

Um de seus primeiros atos como presidente em 2006 foi a redução de seu salário em 57% para US$1.875 por mês. Morales anunciou também sua intenção de levar aos tribunais seu predecessor, o ex-presidente interino, Eduardo Rodríguez, e o então Ministro da Defesa, Gonzalo Méndez Gutiérres, acusando-os de traição à Pátria por terem transferido 28 mísseis terra-ar MHN-5, de fabricação chinesa que se encontravam nos arsenais bolivianos, para os Estados Unidos, a fim de serem “desativados”.

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas