O que foi o iluminismo resumo

Gostou? Seja +1!

Categoria: História
Postado em:
Home » História » O que foi o iluminismo resumo





O que foi o iluminismo

O homem buscou respostas fundamentadas

Desde esse período o homem buscou respostas fundamentadas na razão, na liberdade de expressão e pensamento. O iluminismo era um portador de uma ideologia revolucionária, que transformou a mentalidade humana.

Era baseado no antropocentrismo (o homem e não Deus como centro), em oposição à ideologia em vigor no período medieval, que era voltada para o teocentrismo (Deus como centro do universo). Os iluministas buscaram esclarecer todas as questões relativas ao homem utilizando a razão, acreditavam que todos eram iguais e tinham direito à liberdade de expressão e de praticar sua religião, fosse ela qual fosse.

No ideário iluminista estavam presentes:

O combate ao absolutismo, pois eles defendiam que as leis deveriam ser elaboradas pela sociedade e não impostas por um rei;

O combate ao mercantilismo que não permitia o desenvolvimento comercial, pois a intervenção do Estado não possibilitava o pleno desenvolvimento da economia;

Ao poder da Igreja, pois suas verdade eram baseadas na fé e os iluministas buscavam a verdade baseada na razão, com princípios científicos.

Defendiam a igualdade jurídica, o direito à propriedade privada, à liberdade de comércio. Apoiavam-se fortemente nas descobertas e revolução das ciências naturais. A razão para os iluministas era a verdadeira maneira de se chegar ao conhecimento, era a luz da humanidade, daí o nome Iluminismo.

Principais pensadores iluministas

  • Montesquieu (1689-1775): autor de O Espírito das Leis, obra em que faz um estudo comparativo da origem das leis humanas. Montesquieu propôs a divisão do poder em três esferas: Legislativo (que elabora as leis), Executivo (que executa as leis e exerce poder administrativo) e o Judiciário (responsável pela observância das leis). Este modelo inspirou as modernas democracias ocidentais.
  • Voltaire (1694-1778): foi um dos grandes pensadores iluministas. Em obras como Cândido ou O Otimismo e no Dicionário Filosófico satirizou as injustiças e a ignorância de seu tempo.
  • Diderot (1713-1784): editor da Encyclopédie, obra que procurava explicar de forma racional todas as questões de interesse humano.
  • Jean Rousseau (1712-1778): propôs que o homem nasce bom, mas o meio social o corrompe. Sua obra mais importante é Do Contrato Social.