Você está em: Clikaki »   Saúde » Perigos do afogamento e como reagir

Perigos do afogamento e como reagir

Saiba quais os perigos e como reagir em casos de afogamento.

Em que consiste o afogamento?

Em uma série de fenômenos que tem lugar no organismo devido a sua total imersão na água durante um tempo mais ou menos prolongado. A morte pode sobrevir por asfixia ou como consequência dos problemas gerados pela água no organismo.

Esta então não é a única causa de morte por afogamento?

AfogamentoNão a asfixia só é responsável pela morte em 30 por cento dos casos de pessoas afogadas; nos outros casos, a morte deve-se a entrada maciça de água nos pulmões.

Como se dá a morte por asfixia?

No ínicio, a pessoa que está se afogando suspende seus movimentos respiratórios durante alguns instantes, mas a acumulação de anidrido carbônico no sangue estimula o centro da respiração, o que produz inspirações inevitáveis e a conseguinte inalkação de água. No entanto, antes de que se consiga penetrar na tranquéia, pode-se desencadear um poderoso espmo na laringe, o que provoca o fechmento e a consequente asfixia.

Como age a água nos casos de afogamento?

A água que penetra nos pulmões gera problemas no sangue que tomam forma de diferentes caractéristicas de acordo com que se trata de água doce ou salgada.

Quais são os efeitos da água doce?

Uma vez penetrada nos pulmões passa rapidamente ao sangue através da membrana alveolar, diluindo os componentes sanguineos e causando adestruição dos glóbulos vermelhos. À sobrecarga que para o coração representa o aumento brusco da quantidade de líquido presente nosistema circulatório, unem-se os problemas dos eletrolitos ou sais que normalmente estão dissolvidos no plasma. Todos esses fenômenos determinam graves alterações no ritmo cardíaco que provoca a morte muito antes que se houvesse se inalado água.

O que acontece no caso de afogamento por água salgada?

A entrada de água salgada no sistema respiratório provoca a diluição rápida do sal dentro da corrente sanguínea, ao mesmo tempo em que o líq’uido do sistema circulatório penetra no alvéoleos pulmonares. Como consequência desta troca, diminui-se o volume sanguineo e produz-se um encharcamento nos alvéoleos (edema agudo de pulmão).

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Compartilhe este artigo:

publicidade

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas