Você está em: Clikaki »   Atualidades » Economia » Principais características do Socialismo

Principais características do Socialismo

Política

O socialismo é uma das formas mais antigas de governo do mundo, porém ele está sumindo cada vez mais.

socialismo

Atualmente, existem dois tipos predominantes de sistemas político-econômico: o capitalismo e o socialismo. Dentre os dois, os mais adotados pelas nações em geral é o capitalismo, por ser um sistema mais liberal que permite um comércio mais dinâmico.

O que colabora com a escolha do capitalismo é o fato de que  a atual potência mundial, os Estados Unidos é capitalista, influenciando assim diversos outros países com os quais tem alianças comerciais.

Mas, nem sempre foi assim. O socialismo teve seu destaque no século XIX, quando trabalhadores europeus, cansados do sistema capitalista que vigorava desde o século XVIII, começaram a criar um sentimento de mudança.

Quem criou o socialismo?

Esse sentimento de mudança foi reforçado com as idéias de dois pensadores alemães, Karl Marx e Friedrich Engels, que após analisarem os pontos fracos do capitalismo, criaram as primeiras ideias do socialismo.

A classe social que mais leva vantagem nesse sistema é a proletária, pois o principal ideal do socialismo é a implantação de um modelo de sociedade mais justa, na qual não existe classe social, sendo assim, teoricamente, nesse modelo não existiria uma pessoa bilionária e outra miserável, ao contrário do capitalismo. De fato, todos teriam o mesmo “salário”, todos teriam o mesmo “valor”.

Primeiro país socialista

Devido à insatisfação do povo com o capitalismo, o socialismo foi implantado no ano de 1917, na revolução russa, quando o governo monarquista foi derrubando e deu origem à União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), com o passar dos anos, outros países começaram a seguir esse mesmo modelo, sendo eles: China, alguns países do Leste Europeu, Cuba e algumas nações africanas e asiáticas.

Deve se levar em conta de que, apesar de todas serem socialistas, cada uma deles tem suas próprias configurações que se adaptam as suas realidades.

Principais características do Socialismo

Uma das suas características que a diferencia muito do capitalismo está nos meios de produção. Nele todas as estruturas de produção, como fábricas, terras agrícola, empresas comerciais, indústrias, dentre outras, são propriedade da sociedade e gerenciado pelo Estado, todo o lucro gerado por elas é distribuído igualmente ao povo.

Por não existir um sistema de divisão de classe social nos meios de produção, todas as pessoas são consideradas como proletariados, ou seja, todas elas trabalham em conjunto com o propósito de melhorar a sociedade. Para que você entenda melhor, caso visite uma fábrica de um país socialista você não verá patrões e nem empregados, todos serão “iguais”, buscando o bem de sua sociedade em comum.

Outra característica é que o Estado controla todos os segmentos da economia, ele é responsável por regular a produção e o estoque, o valor do salário, controle de preços de produtos e diversos outros valores, ou seja, em todo mercado que você entrar em um país socialista, todos os eles devem vender os produtos com o mesmo preço. Muito se difere do capitalismo, onde existe a concorrência e os valores podem ter uma elasticidade entre um mercado e outro. No socialismo isso não acontece pois o próprio mercado decide qual será o valor da mercadoria.

Partindo da ideia de que o controle de todas as áreas da economia fica ao poder do Estado, ele tem por obrigação garantir o necessário as famílias: educação, saúde, alimentação e trabalho.  Assim sendo, independente se o país é rico ou é pobre, a desigualdade social é baixíssima, visto que a riqueza gerada entre todas as pessoas da sociedade  é dividida de maneira mais justa de acordo com o seu trabalho, sendo pago segundo a qualidade e a quantidade do mesmo.  Note, de forma resumida, as principais características do socialismo:

  • O Estado controla toda a economia gerada no país
  • Pouca ou nenhuma liberdade econômica
  • Preços, salários e investimentos no setores da economia determinados e controlados pelo governo
  • Baixa desigualdade social
  • Inexistência de classes sociais
  • Baixo índice de extrema pobreza
  • Lucro total dividido de acordo igualmente de acordo com a qualidade e quantidade trabalhada de cada indivíduo, de forma justa.
  • Educação, saúde pública e alimentação garantidas pelo governo

As críticas a essa forma de governar se baseiam principalmente na distorção dos sistema de preços, impossibilitando um planejamento econômico mais eficiente. Além de haver uma redução de incentivo aos trabalhadores, diminuindo sua prosperidade, criando efeitos sociais e políticos negativos *.

Compartilhe este artigo:

publicidade

Comentários

Petelsontrindade francisco comentou:

Gostei muito da página graças a ela consegui fazer o meu trabalho de história da 12 classe.os meus muito obrigado

Responder

Deixe o seu comentário

Siga-nos

Participe

Cadastre-se

Cadastre seu email para receber as últimas novidades

Ofertas